Esporte

9 de maio de 2020 11:09

CSA e CRB acertam a redução salarial dos atletas

Enquanto Azulão confirmou 25% de redução, Galo não quis divulgar a porcentagem da diminuição no rendimento dos jogadores

↑ Clubes de Alagoas tomam medidas para evitar a crise advinda da pandemia do novo coronavírus (Foto: Francisco Cedrim / Ascom CSA)

Seguindo a linha de outros clubes do Brasil, o CSA confirmou a redução de 25% dos salários dos jogadores até o mês de junho. O CRB já tinha feito essa negociação com o elenco, só que o percentual de redução não foi revelado. Todos estão prejudicados com a falta de receita por conta da Covid-19. As propostas são para redução salarial de 25% do valor de carteira e direitos de imagem

O Flamengo anunciou que chegou a um acordo com os jogadores também para redução de 25% dos salários e postergação de direitos de imagem. A medida valerá para os meses de maio e junho de 2020 e, passado esse período, a situação será novamente analisada. Palmeiras, Grêmio, Atlético-MG e Santos também confirmaram

“Fizemos um acordo com os atletas para uma redução salarial de 25% para os meses de abril, maio e junho. Isso é uma negociação, precisou ser explicado tudo e o elenco mostrou o comprometimento que tem com o CSA. Os jogadores foram muito receptivos em ajudar ao clube”, disse ao GE o executivo de futebol Marcelo Barbarotti.

“O grupo voltou a trabalhar na última quinta de forma virtual. Essa questão de salário foi conversada e acertada. Todos aceitaram de maneira nobre pensando no momento do país”, destacou o presidente Marcos Barbosa.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH