Esporte

16 de fevereiro de 2020 20:10

Cruzeiro marca no último lance e empata com a Patrocinense

Com o resultado, a Raposa perde a chance de assumir a liderança do estadual e cai para a quinta colocação

↑ Imagem: Ilustração

O Cruzeiro empatou em 1 a 1 com a Patriocinense na noite deste domingo, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro, no estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio. Paulo Renê e Maurício marcaram os gols do jogo.

Com o resultado, a Raposa perde a chance de assumir a liderança do estadual e cai para a quinta colocação, com 11 pontos, ficando fora da zona de classificação. Já a Patrocinense sobe para oitavo, com dois tentos a menos.

A equipe de Adilson Batista volta a campo na próxima quinta-feira, diante da Tombense, às 19h15, fora de casa.

O jogo- As duas equipes entraram em campo em busca dos três pontos. Embalado da classificação na Copa do Brasil no meio da última semana, o Cruzeiro precisava vencer para chegar a liderança do Mineiro. Do outro lado, a Patrocinense, defendendo o 100% de aproveitamento em casa, queria o triunfo para colar no grupo dos quatro primeiros colocados, que avançam às semifinais do estadual.

Apesar do ímpeto, faltou qualidade para algum dos times abrirem o placar no início de jogo. A primeira chegada foi da Raposa. Everton Felipe lançou Alexandre Jesus, que driblou Gregory e finalizou forte na rede pelo lado de fora. A resposta demorou. Os donos da casa conseguiram levar o primeiro perigo ao gol de Fábio apenas aos 40. Paulo Renê entrou na área com velocidade, perdeu o equilíbrio e chutou por cima do gol. No minuto seguinte, o atacante recebeu cruzamento de Rodney e desviou com muito perigo. Se nas duas primeiras ele perdeu, na terceira mandou para o fundo das redes. Giba levantou bola na área, Paulo Renê antecipou Léo e mandou de cabeça para dentro, aos 46 minutos, no último lance da primeira etapa.

A reta final pouco mudou o panorama do duelo. O Cruzeiro até era melhor e chegava, mas pecava na hora da finalização. Marco Antônio e Roberson até tentaram, mas mandaram longe da meta. Adilson Batista mandou para jogo Vinícius Popó e Wellinton, e a igualdade veio. No apagar das luzes, aos 49, Wellinton cruzou, Popó desviou e Maurício completou para o gol.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

MAIS NO TH