Esporte

13 de fevereiro de 2020 10:47

Com novo técnico, CSA encara o CSE

Duelo fecha a terceira rodada do Campeonato Alagoano e expectativa é de ter casa cheia hoje no Estádio Rei Pelé

↑ CSA vai manter a mesma base que atuou contra o CRB e empatou no final de semana pelo Nordestão (Foto: Gustavo Henrique / Ascom CRB)

Começa a era Eduardo Baptista no CSA. Hoje às 20h, no Estádio Rei Pelé o Azulão encara o CSE, em jogo da terceira rodada do Campeonato Alagoano. Será a estreia do treinador que chegou para substituir Mauricio Barbieri. E a expectativa é grande. Mas o time será o mesmo. Eduardo não fez mudanças nos últimos treinamentos e quer conhecer o elenco. No estadual, o time Marujo é um dos líderes com seis pontos.

No coletivo ele manteve na equipe titular a formação que empatou contra o CRB. Depois do primeiro treinamento, o técnico foi apresentado oficialmente na sala de imprensa do clube. Ele falou sobre a escolha de manter a base que entrou em campo na última partida.

“Pretendemos usar a mesma espinha dorsal do último jogo e colocar alguns ingredientes que podem tornar essa equipe mais agressiva, fazer a equipe roubar a bola mais próximo ao gol adversário… A gente tem um meio-campo muito forte, tanto física como tecnicamente, e jogadores que têm condições de definir. A gente fez um treinamento ali de 20 minutos, amanhã a gente ajusta a parte ofensiva, mas com a expectativa muito grande que as coisas vão dar certo.

O estilo de trabalho de Eduardo é bem simples. “A gente não tem muito tempo para trabalhar.

Em alguns momentos do clássico, o CSA mostrou uma competência grande, oscilou em outros, mas nos momentos que conseguiu a imposição em cima do CRB, foi postado 4-1-4-1. Então acho que não é hora de fazer grandes mexidas, e a gente vai nesse sistema, mas sempre olhando para o 4-2-3-1, em busca de um meia, ou até mesmo segundo atacante, um jogador que encoste mais no centroavante. Dentro dessas variações, a gente não vai fugir muito”.

TRICOLORIDO

No CSE, o técnico Jaelson Marcelino deve ter até três desfalques.

O lateral-direito Tanaka, lesão no joelho, o zagueiro Davi Goiano, também lesão no joelho, e o defensor Bruno Simões, lesão na coxa, nem viajaram para Maceió. Ainda sem contar com Davi, que não joga há duas partidas, Jaelson manteve André Nunes como titular da zaga.

A dúvida é quem será o companheiro de André na defesa. Jadson e Marcão brigam pela vaga.

INGRESSOS

O jogo fecha a terceira rodada do Campeonato Alagoano. Os bilhetes para arquibancada alta custam R$ 20, nas cadeiras R$ 50. O setor de arquibancada baixa não será aberto.

Fonte: Tribuna Independente / Editoria de Esporte

Comentários

MAIS NO TH