Esporte

7 de dezembro de 2019 13:08

Azulão inicia neste sábado a agenda de despedidas do CT do Mutange

↑ Presidente Rafael Tenório estará no CT do Mutange neste sábado (Foto: Ascom CSA)

No dia 15 de novembro de 1922 o CSA vencia o Perez-PE por 3×0, na inauguração do estádio Gustavo Paiva no Mutange. A informação é do historiador Walter Luiz. Passaram 97 anos e o CT do Azulão, onde o clube treina e no passado mandava alguns jogos, será fechado. A ação ocorre por conta de problemas no solo, possivelmente causados pela Braskem. A empresa será responsável pelos pagamentos de aluguel de um novo espaço e de indenizações não só ao CSA, mas a todos os moradores das casas e estabelecimentos do Mutange.

O Programa de Compensação da Braskem inclui indenização aos moradores da área de resguardo em torno dos poços e apoio durante todo o processo.

Mas o momento é de despedida. Uma agenda de evento foi feita pelo CSA e começa neste sábado. A torcida irá se despedir do CT do Mutange, assistindo o último treinamento do time profissional. A direção azulina resolveu realizar ainda uma atividade aberta na segunda e terça-feira para os torcedores terem a oportunidade de se despedir do local.

O presidente Rafael Tenório confirmou a despedida forçada do local, devido ao desastre ambiental devido a exploração mineral indevida por parte da Braskem, e convocou a torcida.

“A atividade de sábado marca a despedida do Azulão do Centro de Treinamento Gustavo Paiva. Em uma história quase centenária do Mutange, deixaremos nossa casa para seguir nossa rica história em outro local. É a última oportunidade de reviver todos os momentos que passamos em nossa casa. Seja com jogos, aniversários ou qualquer outro evento. Pegue seu manto e chame os amigos. No sábado, lugar de Azulino é no Mutange!”, destacou Tenório.

O novo espaço que será ocupado pelo CSA ainda não está definido. O direcionamento, até então, é ocupar por dois anos as dependências do Estádio Nelson Peixoto Feijó, na Serraria, com todos os custos pagos pela Braskem.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários