Esporte

5 de dezembro de 2019 01:10

Corinthians vence Ceará no Castelão e se garante na pré-Libertadores

Resultado leva o Timão aos 56 pontos e garante a vaga na pré-Libertadores de 2020

↑ (Foto: Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians)

O Corinthians não venceu fora de casa desde 2 de outubro. O jejum acabou nessa quarta-feira à noite, no Estádio do Castelão, com a vitória por 1 a 0 em cima do Ceará, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Gustavo, ex-Fortaleza, arquirrival do Vozão, entrou na segunda etapa e precisou de quatro minutos em campo para marcar o único gol do jogo em bela cabeçada após batida de escanteio feita por Clayson.

O resultado leva o Timão aos 56 pontos e garante a vaga na pré-Libertadores de 2020. O ideal de conseguir a classificação direta à fase de grupos não é mais possível. Assim, o time praticamente irá apenas cumprir tabela na última rodada, contra o Fluminense, em Itaquera.

Por outro lado, o Ceará desperdiçou a oportunidade de ficar em situação mais tranquila na luta pela permanência na Série A. Com 38 pontos, o Vozão é o 16º colocado, dois pontos à frente do Cruzeiro, que nessa quinta encara o Grêmio no Sul. O último desafio do Ceará será no Rio de Janeiro, frente ao Botafogo.

O resultado positivo nessa quarta foi o primeiro do Corinthians no Brasileirão sem Pedrinho. O meia, assim como Danilo Avelar, não teve condições de ser escalado. Além disso, Dyego Coelho optou por sacar Clayson e Gustavo do time. Ramiro, Vital e Boselli ganharam oportunidade.

Depois de um primeiro tempo muito ruim, principalmente pela atuação do árbitro Rafael Traci, o Corinthians partiu para a pressão na etapa final, situação que ficou ainda mais intensa depois de Lima receber o cartão vermelho.

O gol parecia questão de tempo. Janderson já havia mandado uma bola na trave. Até que Gustavo mandou pra rede e desafogou o grito de gol dos corintianos.

Antes do apito final, ainda deu tempo de Boselli mandar mais uma na trave, que aliás seria um golaço do argentino. O placar, no entanto, não foi mais alterado. A festa no Castelão ficou por conta do alvinegro paulista.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

MAIS NO TH