Esporte

21 de novembro de 2019 16:25

Luiz Flávio de Oliveira, da Federação Paulista, apita CSA e Fluminense

Partida acontece na próxima segunda-feira (25) às 20h

↑ Luiz Flávio de Oliveira (Foto: Fernando Dantas / Gazeta Press)

CSA e Fluminense fazem o último confronto da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo será apitado pelo paulista Luiz Flávio de Oliveira, que faz parte do quadro FIFA e é da Federação Paulista de Futebol. Os assistentes são Marcelo Carvalho Van Gasse-SP e Neuza Ines Back-SP. O alagoano Rafael Carlos Salgueiro irá trabalhar como quarto árbitro.

Um trio paulista vai ser responsável pela arbitragem de vídeo: Márcio Henrique de Gois, Lucas Canetto Bellote e Fábio Rogério Baesteiro. Marrubson Melo Freitas, do Distrito Federal, será o observador do VAR.

No primeiro turno, o Azulão venceu o time carioca por 1×0, no Maracanã, com gol marcado pelo meia Jonatan Gómez.

A partida entre CSA e Fluminense está marcada para segunda-feira (25), às 20h, no Estádio Rei Pelé. Os ingressos começaram a ser vendidos na manhã desta quinta-feira (21). R$ 20 arquibancada baixa, R$ 30 arquibancada alta e R$ 100 cadeiras especiais. Meia-entrada apenas na Loja do Azulão Serraria.

Dispensas

Em reunião, o Departamento de Futebol e a Comissão Técnica decidiram que os atletas Didira, Celsinho e Carlinhos não seriam mais utilizados nas cinco partidas restantes do Campeonato Brasileiro. Tendo em vista o fim do vínculo contratual em oito de dezembro a diretoria antecipou as férias dos respectivos atletas.

Cicero dos Santos, mais conhecido como Didira, chegou no Azulão no ano de 2016 e conquistou dois Campeonatos Alagoanos, um título Brasileiro da Série C, além de três acessos consecutivos.

Celsonil Santos, o Celsinho, chegou em 2017, conquistou dois acessos, dois títulos Alagoanos e um Campeonato Brasileiro da Série C.

Os dois atletas honraram a camisa do Maior de Alagoas, com mais de 100 partidas representando nossas cores.

Carlinhos chegou em 2019 no CSA, foi Campeão Alagoano e disputou 32 partidas.

Fonte: Ascom CSA

Comentários

MAIS NO TH