Esporte

16 de novembro de 2019 20:45

Max Verstappen quebra hegemonia da Mercedes e larga na pole position em Interlagos

Holandês da RBR é o mais rápido na classificação após cinco anos de domínio da equipe alemã; Sebastian Vettel sai em segundo e o hexacampeão Lewis Hamilton, em terceiro

↑ Foi a primeira pole do holandês desde o GP da Hungria (Foto: Reprodução / Twitter)

O holandês Max Verstappen foi soberano, comandou as três sessões de classificação neste sábado e largará na pole position no GP do Brasil de Fórmula 1, que será realizado neste domingo no autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo. Pelo feito, ele recebeu um troféu das mãos de Rubens Barrichello.

O piloto da RBR pôs fim a um domínio da Mercedes em treinos qualificatórios no circuito que durava desde 2014 e cravou o tempo mais veloz do final de semana no Q3 (1min07s508). Verstappen deixou em segundo o ferrarista Sebastian Vettel (1min07s631 no Q3) e o hexacampeão Lewis Hamilton (1min07s699).

Charles Leclerc, quarto colocado na classificação, sairá na 14ª posição por causa de uma punição por ter feito alterações no motor para a etapa brasileira.

A TV Globo transmite o GP do Brasil de Fórmula 1 a partir das 14h (de Brasília) deste domingo, com narração de Galvão Bueno e comentários de Luciano Burti e Reginaldo Leme.

Resultado do treino de classificação*

foto

Resultado do treino de classificação no GP do Brasil em Interlagos (Imagem: Reprodução)

*O monegasco Charles Leclerc foi punido com a perda de dez posições no grid de largada por usar um motor alterado no GP do Brasil de Fórmula 1.

Os três primeiros

Max Verstappen: “Desde o Q1 o carro estava voando, estava agradável de dirigir. Estamos muito felizes com isso, vou tentar concluir isso [amanhã] agora”.

Sebastian Vettel: “Eu tive uma pequena balançada na curva final, e Max melhorou o tempo dele, é a pole position dele, então fair play. Eu estou feliz com um lugar na primeira fila, então vamos ver amanhã”.

Hamilton: “Estivemos menos potentes do que os outros, foi aí que perdemos nosso tempo. Mas eu dei absolutamente tudo de mim, o traçado é muito desafiador”.

Q1 – Verstappen na frente e cinco eliminados

A exemplo do que ocorreu pela manhã, o primeiro a ir à pista foi o polonês Robert Kubica, da Williams, já ciente de que não passaria para o Q2. Ele, porém, nem chegou a completar a volta e retornou aos boxes para fazer acertos no carro. O primeiro a disparar uma volta rápida foi o outro piloto da Williams, o inglês George Russell, que a completou em 1min10s688.

Quando os favoritos saíram dos boxes, Sebastian Vettel foi o primeiro a liderar (1min08s556), seguido de perto por Charles Leclerc (1min08s592). A seguir, a RBR de Alexander Albon, que havia ido bem nos treinos livres da manhã de sexta-feira, anotou o melhor tempo (1min08s503). Minutos depois, Max Verstappen desbancou o companheiro de equipe (1min08s242) e manteve-se no topo.

No outro extremo da disputa, na traseira da classificação, Carlos Sainz não registrou tempo devido a problemas com seu carro.

Eliminados

16º) DANIIL KVYAT (TORO ROSSO)
17º) LANCE STROLL (RACING POINT)
18º) GEORGE RUSSELL (WILLIAMS)
19º) ROBERT KUBICA (WILLIAMS)
20º) CARLOS SAINZ (MCLAREN)

Q2 – Verstappen firme

As duas Mercedes começaram o segundo round da classificação com tudo: Lewis Hamilton cravou 1min08s088, o melhor tempo de todo o final de semana até então. Em seguida, Valtteri Bottas disparou 1min08s232.

A empolgação da equipe alemã não durou. Leclerc (1min07s888) e Verstappen (1min07s503) quebraram a casa de 1min08s e provaram que iam protagonizar a briga pela pole position.

Longe da disputa pela ponta, Kimi Raikkonen e Lando Norris se estranharam na saída dos boxes e o inglês chiou:

– Kimi acabou de sair e quase entrou na minha lateral! – afirmou Norris no rádio.

Com Verstappen e Leclerc na frente, e Vettel em terceiro, a Mercedes – Hamilton em quarto, Bottas em sexto – não tirou seus carros dos boxes até o fim do round.

Eliminados

11º) LANDO NORRIS (MCLAREN)
12º) DANIEL RICCIARDO (RENAULT)
13º) ANTONIO GIOVINAZZI (ALFA ROMEO)
14º) NICO HULKENBERG (RENAULT)
15º) SERGIO PEREZ (RACING POINT)

Q3 – Holandês intocável

A terceira rodada foi um festival de voltas na casa de 1min07s. Verstappen (1min07s623), Vettel (1min07s631), Leclerc (1min07s728), Hamilton (1min07s861), Bottas (1min07s874) e Alexander Albon (1min07s935) enfileiraram bons desempenhos. Porém, o holandês e os dois ferraristas pareceram mais consistentes.

No apagar das luzes, Verstappen ainda melhorou seu tempo para 1min07s508 e assegurou a pole. Em segundo largará Sebastian Vettel e, em terceiro, Hamilton. Leclerc ficou em quarto, mas por ter uma punição por alterações no motor sairá em 14º.

Fonte: Globo Esporte / Texto: Fred Sabino, Marcos Guerra e Paulo Roberto Conde

Comentários

MAIS NO TH