Esporte

5 de novembro de 2019 09:34

CRB reencontra Chamusca no Cuiabá

Ex-técnico regatiano está no comando do time mato-grossense e Marcelo Cabo espera não cometer erros do jogo passado

↑ CRB perdeu para o Cuiabá no primeiro turno e terá pela frente um reencontro com o técnico Chamusca (Foto: Ascom/CRB)

As chances estão pequenas. Mas todos acreditam. Após mais uma rodada decisiva, a reta final da Série B do Campeonato Brasileiro vai afunilando entre as equipes que lutam para terminar nos quatro primeiros lugares da tabela. As probabilidades de acesso após a 32ª rodada, segundo os números do site Infobola, coordenado pelo matemático Tristão Garcia, mostra, que o CRB possui 12% de chances de subir. Com os tropeços de Bragantino, Sport, Atlético-GO e América-MG, quem se deu bem foi o Coritiba que subiu na tabela.

Esta terça-feira (5), o Galo está no Mato Grosso para às 21h30, encarar a equipe do Cuiabá, pela 33ª rodada. Cuiabá e CRB vivem boas fases na competição. Os donos da casa não perder há quatro jogos e ocupam atualmente a 10ª posição com 44 pontos somados. Do outro lado, o CRB vem de duas derrotas e um empate e ocupa a sétima colocação com 46 pontos.

O técnico Marcelo Cabo treinou esses dias a e tendência é que faça alterações no time. Depois de cumprir suspensão, o zagueiro Ewerton Páscoa deve ser titular no lugar de Edson Henrique. No setor de meio-campo, Elton pode figurar na equipe principal. Na linha de frente, Willie e Iago brigam por espaço. Assim, a possível escalação do CRB deve ter: Andrey; Daniel Borges, Wellington Carvalho, Ewerton Páscoa e Igor; Claudinei, Lucas Siqueira e Elton; Willie (Iago), Léo Ceará e Alisson Farias.

Elton está otimista e deve iniciar a partida desta terça-feira. “Teremos mais vinte e um pontos pela frente. A ideia é fazer o maior número de pontos que pudermos para levarmos o CRB para a Série A. Não tem mistério. Temos que fazer uma boa sequência para chegarmos firmes até a última rodada e com chances de acesso”, comentou Élton, acrescentando ainda que o duelo da terça-feira, na Arena Pantanal, é uma decisão para o CRB.

REENCONTRO

Marcelo Chamusca foi demitido do CRB em 12 de outubro. Na série B, o técnico comandou o time em 28 partidas, com 11 vitórias, 11 derrotas e 6 empates. Agora, ele estará do outro lado. Na mesma velocidade que foi desligado do Regatas, Chamusca foi contratado pelo Cuiabá. Cabo assumiu o CRB e ainda perdeu. Quatro jogos, duas vitórias e dois empates. O placar de 3×3 diante do Oeste na última rodada serviu de lição. “Nos últimos minutos, faltou um pouco mais de experiência, mais de malandragem. Tomamos um gol completamente improvável. Uma cabeçada de rara felicidade, que entrou no ângulo. Mesmo assim, quero destacar a entrega dos atletas, que acreditaram até o final. Fica o legado desse jogo, além de um ponto, a entrega desses jogadores. Isso vai nos deixar ainda em condições de conquistar nosso objetivo na sequência da competição”.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH