Esporte

24 de setembro de 2019 01:17

Atlético-MG perde para o Avaí e chega à sexta derrota consecutiva no Brasileirão

Único gol do jogo foi marcado por Jonathan

↑ Divulgação

A fase negativa do Atlético-MG foi ampliada nesta segunda-feira. A equipe comandada por Rodrigo Santana foi vencida por 1 a 0 pelo Avaí, na Ressacada, em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, e chegou à sexta derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro. O Galo entrou em campo com apenas três titulares (Cleiton, Rabello e Cazares), por conta do confronto pela Sul-Americana, na quinta-feira. O único gol do jogo foi marcado por Jonathan.

O revés contra o Avaí completa a sequência de derrotas do Atlético, que já tinha Athletico Paranaense, Bahia, Corinthians, Botafogo e Internacional. Além disso, na última quarta-feira, o Galo foi batido por 2 a 1 pelo Colón, na Argentina, no jogo de ida da semifinal da Sul-Americana.

Com o resultado, o Avaí deixou a lanterna e foi à 19ª colocação, com 16 pontos somados. O próximo compromisso do time será contra o Grêmio, na quinta-feira, às 20h, contra o Avaí, em casa. Enquanto isso, o Atlético-MG estacionou na décima posição, com 27 pontos. Nesta quinta-feira, às 21h30, a equipe recebe o Colón, na partida de volta da semifinal da Sul-Americana. Pelo Brasileirão, o Galo volta a campo apenas no domingo, às 19h, contra o Ceará.

Jogo – A partida iniciou com domínio dividido entre as duas equipes. O Avaí chegou primeiro com Jonathan, em chute rasteiro próximo à trave, e o Atlético-MG respondeu com Geuvânio, arriscando de longe, com a bola passando pouco acima do travessão.

Aos 26 minutos, o Leão abriu o placar. Lourenço bateu fechado na primeira trave e, após desvio de cabeça, Jonathan testou na direção de Hernández, que tirou a bola em cima da linha. No rebote, o atacante do Avaí apenas teve o trabalho de empurrar para o gol.

Logo na sequência, os mandantes tiveram a oportunidade de ampliar o placar. Jonathan recebeu dentro da área e foi puxado por Léo Silva: pênalti assinalado pelo árbitro Caio Max Vieira. Na cobrança, Pedro Castro bateu fraco no canto direito, facilitando a defesa de Cleiton.

Na segunda etapa, o Atlético-MG até tentou chegar ao empate, porém não foi efetivo no ataque. Geuvânio arriscou da entrada da área e exigiu boa defesa de Cleiton. Nathan, sozinho na área, perdeu grande oportunidade ao cabecear fraco, em cima da defesa. No último lance de perigo, Luan recebeu de fora da área e chutou, com desvio, e a bola passou rente à trave esquerda. Ainda deu tempo do Avaí assustar em um contra-ataque, no qual João Paulo saiu livre, frente a frente com Cleiton, porém finalizou em cima do goleiro.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

MAIS NO TH