Esporte

7 de setembro de 2019 07:19

CSA e Chapecoense duelam para evitar a zona de rebaixamento

Times entram em campo pressionados neste domingo e o Azulão espera contar com a força de seu torcedor no Rei Pelé

↑ Argentino Jonatan Gómez é o principal jogador do CSA na campanha do Brasileirão da Série A (Foto: Ascom CSA)

O Estádio Rei Pelé vai receber no domingo, a partir das 19 horas, um confronto direto na luta contra o rebaixamento. Pela penúltima rodada do primeiro turno do Brasileirão, o CSA recebe a Chapecoense. Os dois times não ganham há dois jogos e estão na zona de rebaixamento. O Azulão do Mutange é o penúltimo colocado, com 12 pontos e o Verdão do Oeste está em 17º lugar, com 14. O Cruzeiro é o primeiro fora do Z4, com 18. “A Chapecoense tem uma grande equipe e é sempre muito forte. Vai ser um confronto equilibrado, entre duas equipes que buscarão o triunfo. Vamos procurar fazer um grande jogo para sairmos com a vitória”, disse o lateral Apodi.

“O elenco tem se dedicado muito para evoluir e fazer bons jogos nesta sequência da temporada. Vamos manter um ritmo forte para crescermos de produção e para sairmos do Z4 da competição. A tendência é evoluirmos. Estamos vivendo essa expectativa”, destacou Leandro Castán, que volta ao time após cumprir suspensão, assim como o volante João Vítor.

O técnico Argel Fucks fechou os treinos finais. Não costumava fazer isso, mas quer agora privacidade para definir a equipe no Mutange. Ele tem problemas para fechar a escalação. O meia Euller e o atacante Bustamante se machucaram contra o Bahia. Para o meio-campo, duas opções: Didira, que sai mais para o jogo, ou João Vitor, que era titular e cumpriu suspensão na última rodada. João também pode entrar no lugar de Dawhan.

No ataque, Maranhão, mais pela experiência, pode ganhar uma chance ao lado de Alecsandro. Argel também pode buscar uma opção de velocidade. Victor Paraíba também tem chance de ser testado na vaga de Bustamante.

Assim, uma base para domingo tem: Jordi; Apodi, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Dawhan (João Vitor), Naldo, Didira (João Vitor) e Jonatan Gómez; Maranhão (Victor Paraíba) e Alecsandro

De olho na montagem do time, o técnico Emerson Cris contou com a volta de Bruno Pacheco, curado da gripe. Outra novidade foi no ataque com a presença de Aylon ao lado de Everaldo e Arthur Gomes. No meio-campo talvez a maior dúvida. Sem Camilo, a ideia é que Diego Torres ganhe uma oportunidade.

Caso não tenha nenhuma mudança de última hora, a Chape deve entrar com a seguinte formação: Tiepo; Eduardo, Gum, Mauricio Ramos e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Gustavo Campanharo e Diego Torres; Aylon, Arthur Gomes e Everaldo.

INGRESSOS

Os ingressos para arquibancada baixa custam R$ 20, para a alta R$ 30 e para as cadeiras, R$ 100.  A comercialização acontecerá nos tradicionais pontos de vendas do clube: Loja do Azulão, Via Esportiva, Loja Grande Torcedor, Sócio Torcedor CSA e Poly Sport (Centro). Se o torcedor quiser adquirir o bilhete online, basta acessar o site www.fanpass.com.br.

Jogos de sábado

11h Corinthians x Ceará

11h Vasco x Bahia

17h Avaí x Flamengo

17h Fortaleza x Fluminense

19h Internacional x São Paulo

21h Goiás x Palmeiras

Jogos de domingo

11h Cruzeiro x Grêmio

16h Botafogo x Atlético

16h Santos x Athletico

19h CSA x Chapecoense.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH