Esporte

31 de agosto de 2019 19:36

CSA perde para o Bahia por 1×0 e passa mais uma rodada na vice-lanterna

Azulão segurava o empate em Salvador, mas Arthur Caíke de falta deu a vitória ao tricolor baiano

↑ CSA teve chances de marcar apenas no primeiro tempo e Jordi chegou a defender pênalti (Foto: Felipe Oliveira / Bahia)

Jogando fora de casa, o CSA não conseguiu desta vez garantir pontuação. O Bahia aproveitou o apoio de sua torcida para vencer e colar no G6 do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (31), o Tricolor recebeu o CSA na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 17ª rodada da competição, e saiu com o triunfo pelo placar de 1 a 0. Arthur Caíke marcou o gol da vitória nos minutos finais da partida.

Com o resultado, o Bahia ocupa a 7ª colocação, com 27 pontos. O Atlético-MG, sexto colocado e primeiro time na zona de classificação à Copa Libertadores, tem a mesma pontuação, mas leva vantagem no número de vitórias (8 a 7). O CSA, por sua vez, segue na vice-lanterna, com apenas 12 pontos conquistados.

Além disso, o triunfo garantiu à equipe baiana sua melhor pontuação em um primeiro turno na era dos pontos corridos, com duas partidas restantes. No ano passado, o time nordestino fechou o turno com 25 pontos, até então sua melhor campanha na primeira metade do Brasileirão.

Pela próxima rodada, o Tricolor visita o Vasco em São Januário, no sábado (7), às 11h (de Brasília). Já o Azulão joga no domingo (8), às 19h, quando recebe a Chapecoense no Estádio Rei Pelé.

Confira o gol do jogo

O jogo

O Bahia começou controlando a partida, tentando chegar ao gol por meio da troca de passes. A primeira grande chance do Tricolor veio aos 21 minutos do primeiro tempo. Gilberto caiu após disputa na área com Ronaldo Alves e o árbitro Vinícius Amaral assinalou o pênalti com auxílio do VAR. Contudo, Jordi defendeu a cobrança de Artur e evitou o tento dos donos da casa.

O CSA respondeu logo em seguida. Aos 24 minutos, Jonatan Gomez recebeu de Alecsandro e encheu o pé pela linha de fundo. Dois minutos depois, Euller foi lançado e tocou no meio da área do Bahia para Dawhan, que estava livre e chegou batendo, mas acabou acertando Jonatan Gomez.

Nos acréscimos da primeira etapa, Gilberto perdeu duas grandes oportunidades para o Bahia. Aos 47, Guerra colocou o camisa 9 na cara do gol, mas o centroavante mandou para fora. E aos 50, Nino Paraíba cruzou para a área e o atacante cabeceou forte, porém Jordi fez bela defesa e salvou a meta azulina.

Nos 45 minutos finais, o Tricolor tentou pressionar o Azulão em busca dos três pontos, sem deixar o adversário jogar. A melhor chance veio com Élber, que completou de cabeça lateral cobrado direto na área por Nino Paraíba, exigindo mais uma boa intervenção de Jordi.

Quando parecia que o empate iria prevalecer no placar final, Arthur Caíke colocou a bola na rede aos 40 minutos. O camisa 77, que havia entrado pouco minutos antes no lugar de Artur, cobrou falta no canto do arqueiro azulino, que tocou na bola antes de vê-la bater na trave e entrar.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 X 0 CSA

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 31 de agosto de 2019, sábado
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Gomes do Amaral (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Público pagante: 32.483
Renda: R$ 669.831,00

Cartões amarelos: Juninho (Bahia); Dawhan (CSA)
Gol: Arthur Caíke, aos 40 minutos do segundo tempo

BAHIA: Douglas Friedrich, Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e Alejandro Guerra (Élber); Artur (Arthur Caíke), Lucca (Fernandão) e Gilberto.
Técnico: Roger Machado

CSA: Jordi; Apodi, Alan Costa, Ronaldo Alves e Carlinhos; Naldo, Dawhan, Euller (Maranhão) e Jonatan Gómez; Bustamante (Gamarra) e Alecsandro (Didira).
Técnico: Argel Fucks.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

MAIS NO TH