Esporte

22 de agosto de 2019 18:04

Time do Figueirense perde partida por WO também no Campeonato Brasileiro de Aspirantes

Time de Florianópolis vai ao estádio Ulrico Mursa, mas não entra em campo para enfrentar o Santos

↑ Time de Aspirantes do Figueirense dá W.O. em jogo contra o Santos no Campeonato Brasileiro de Aspirantes (Foto: Caíque Stiva / Globo Esporte)

Dois dias depois do W.O. num jogo da Série B, um time do Figueirense voltou a não entrar em campo para disputar uma partida – desta vez o W.O. foi contra o Santos, no estádio Ulrico Mursa (em Santos), pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes, na tarde desta quinta-feira. O motivo foi o mesmo do time de cima: salários atrasados.

A partida estava programada para 15h. O time do Figueirense chegou ao estádio por volta das 14h, mas não saiu do vestiário. O trio de arbitragem e a equipe do Santos foram a campo e seguiram o protocolo, que prevê 30 minutos de espera até que o outro time apareça para o jogo, o que acabou não ocorrendo. Às 15h30, o árbitro Leandro Bizzio Marinho deu a partida como encerrada, registrando o W.O. – na tabela, o Santos ganha os pontos do jogo, com vitória por 3 a 0.

O Santos utilizou o Twitter, minutos depois do encerramento oficial da partida, para desejar uma “rápida resolução no momento delicado” do Figueirense.

Entenda a crise do Figueirense

Em nota oficial, o Figueirense afirmou que pagou as pendências salariais dos funcionários e jogadores da base sub-15 e sub-17 nesta quinta-feira. Essa era uma reivindicação dos atletas para voltarem aos treinamentos. Agora, resta quitar as dívidas com o time sub-20 e profissional. Ainda de acordo com a nota “pendências anteriores serão equacionadas a partir de negociações pontuais”.

A empresa Elephant, que comanda o futebol do clube desde 2017, reiterou que os débitos com o elenco serão quitados até o dia 28 de agosto, conforme o termo de compromisso assinado no final de julho.

Com a medida do clube, a tendência era que os jogadores voltem aos treinamentos após seis dias de greve. Nesse período, o Figueira perdeu para o Cuiabá por W.O. após se recusar a entrar em campo na terça-feira, na Arena Pantanal. Com isso, a equipe perdeu por 3 a 0 e deve ser punido com multa que vai de R$ 100 a R$ 100 mil.

Mas os atletas decidiram não treinar nesta quinta-feira à tarde, no Orlando Scarpelli. Os jogadores decidiram manter a greve e deixaram em aberto a possibilidade de não jogarem no sábado, contra o CRB, em casa, às 19h (horário de Brasília), pela 18ª rodada. Em caso de segundo W.O., o clube pode ser eliminado da competição.

Fonte: Globo Esporte / Texto: Caíque Stiva e Gabriel dos Santos

Comentários

MAIS NO TH