Esporte

21 de julho de 2019 20:40

Corinthians joga melhor na Arena, mas leva empate do Flamengo

Com o resultado, o Timão perde a chance de encostar no grupo que se classifica para a Libertadores da América

↑ Reprodução

O Corinthians teve uma boa atuação na tarde deste domingo, na Arena, foi superior ao Flamengo, mas um gol marcado por Gabriel, já aos 44 minutos do segundo tempo, impediu que isso se transformasse em vitória. Dominante durante a maior parte do duelo, o Timão havia aberto o placar com Clayson, em pênalti sofrido por Vagner Love, e pouco sofreu até o rebote concedido por Cássio no pé do centroavante.

Com o resultado, o Timão perde a chance de encostar no grupo que se classifica para a Libertadores da América, ficando com 16 pontos conquistados na tabela de classificação. O Rubro-Negro, por sua vez, soma agora 21, também perdendo a chance de chegar mais perto do Palmeiras.

Na próxima rodada, os comandados de Fábio Carille terão pela frente o Fortaleza, no domingo, dia 28, às 19h (de Brasília), no Castelão. Antes, porém, fazem o primeiro jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana, contra o Montevideo Wanderers, quinta-feira, na Arena. Jorge Jesus e sua equipe, por outro lado, encaram o Emelec, na quarta, pelas oitavas de final da Libertadores, antes de enfrentar o Botafogo, no domingo, no Maracanã.

Começo quente, sequência disputada

O duelo começou com intensidade acima do normal na Arena. Mesmo visitante, o Flamengo adiantou suas linhas de marcação e, com menos de dois minutos, Diego já havia feito Cássio trabalhar em chute de longe. A resposta corintiana veio pouco depois, quando Pedrinho conseguiu achar espaço na entrada da área e bateu no canto direito, promovendo defesa segura de Diego Alves para os cariocas.

O jogo seguiu bem disputado, mas passou a ficar menos envolvente com as sequenciais quedas de jogadores pedindo atendimento. Manoel e Vitinho, cada um duas vezes, promoveram a entrada dos médicos em campo para checar seus estados físicos. O Corinthians chegou bem pela esquerda, em jornada participativa de Sornoza, mas a maioria dos lances veio em chutes de fora da área.

O melhor lance da partida veio em jogada ensaiada dos alvinegros, quando Sornoza cobrou escanteio na segunda trave e Pedrinho cabeceou forte para boa defesa de Diego Alves. O time da casa ainda tentou uma pressão, com bolas alçadas na área, uma tentativa de voleio de Sornoza e uma cabeçada rente ao travessão de Júnior Urso, mas o placar foi para o intervalo sem mudar os números.

Corinthians domina, mas leva gol no fim

Carille apostou na mesma formação para o segundo tempo e foi recompensado com a mesma intensidade do começo do jogo. Não demorou para que, em um grande lance individual dos seus melhores em campo, o gol saísse. Pedrinho pegou sobra na entrada da área na defesa e acionou rapidamente Fagner. O lateral foi muito bem, ganhou de Cuellar e deixou Vagner Love na cara do gol. O centroavante invadiu a área e foi derrubado por Berrío. Pênalti convertido por Clayson para abrir o placar.

O gol fez bem aos alvinegros, que superaram uma tentativa de empate rápido do Flamengo e passaram a ditar o ritmo do jogo. Jorge Jesus apostou na entrada de Bruno Henrique na vaga de Willian Arão, mas o maior espaço no meio-campo deu aos anfitriões a possibilidade de adiantar a marcação, evitando a saída rápida dos flamenguistas e ameaçando em boas chegadas de Pedrinho e Avelar.

Jesus, porém, tinha um trunfo no banco, colocando Lincoln na vaga de Gerson. O centroavante foi bem em pivô para furada de Bruno Henrique e depois ganhando escanteio em disputa com Fagner. Na cobrança, Willian Arão cabeceou, Cássio deu rebote e Gabriel empurrou para a rede. Depois de cinco minutos de análise no VAR, o juiz validou o lance e deu o empate para os flamenguistas.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários