Esporte

16 de julho de 2019 14:48

Primeira turma do Programa de Atualização de Árbitros do Cesmac é formada

Durante 10 meses, os alunos de formação de árbitros realizaram 250 horas em disciplinas proposta pela Escola Nacional de Árbitros da CBF.

↑ 22 alunos concluíram o curso (Foto: Assessoria / Cesmac)

No último sábado, 13, foi encerrada, com direito a diploma de certificação, a primeira turma do curso de atualização para Árbitros de Futebol de Campo. Na ocasião, diversas personalidades ligadas ao universo do futebol alagoano estiveram presente ao auditório Elias Passos Tenório, no Campus IV do Centro Universitário Cesmac, para prestigiar os 22 alunos que concluíram o curso. Durante 10 meses, os alunos de formação de árbitros realizaram 250 horas em disciplinas proposta pela Escola Nacional de Árbitros da CBF.

O curso é uma ação conjunta do Cesmac, por meio do curso de Educação Física, e a Federação Alagoana de Futebol (FAF) e está de acordo com o regimento interno da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol da CBF e se destina aos profissionais de educação física e aqueles que possuem atuação com arbitragem no estado de Alagoas. Este é o primeiro curso de formação de árbitros de futebol de campo realizado no estado, tendo como objetivo formar novos árbitros para posteriormente serem aproveitados nos quadros de arbitragem nacionais e internacionais.

Para o graduando do 8º período do curso de Educação Física, Antônio Araújo Neto, “no ano passado apareceu a oportunidade de fazer o curso de arbitragem aqui mesmo na instituição. Como a maioria dos meninos, eu pensava em jogar futebol, essa oportunidade de fazer o curso para ser árbitro apareceu no momento certo. Adquiri uma nova paixão na minha vida. O curso passou rápido demais e acredito que Deus vai continuar nos abençoando para a gente conseguir o que tanto quer, que é a arbitragem de alto nível. O primeiro passo foi essa capacitação, agora vem a prática e eu estou muito feliz e realizado”.

Jéssica Bomfim, que faz Odontologia no Cesmac, diz que ser árbitro é um sonho não só dela, mas também do pai, que sempre quis ter um filho como juiz de futebol. Para Carlos Alberto, foi uma realização fazer esse curso, pois abre portas para o crescimento dentro da carreira.

Segundo o assessor de comunicação da FAF, Allan Gomes, “o próximo passo para os novos árbitros, será atuar em jogos de categoria de base. Categoria sub-15, sub-16, sub17, sub-20 até atingirem outras etapas, entre elas a física, testes teóricos elaborados pela Federação, para que eles possam atuar em competições profissionais, como campeonato alagoano e brasileiro. Eles agora têm o escudo de árbitro FAF e podem galgar voos mais altos”.

foto

(Foto: Assessoria / Cesmac)

A Secretária do Esporte, Lazer e Juventude de Alagoas, Cláudia Petuba, que também é madrinha da turma, ressaltou a importância do curso para a profissão de árbitro e da carência que está sendo suprida. “O Cesmac está contribuindo para o crescimento do esporte como um todo, pois além de se atualizar, o árbitro de futebol terá mais gabarito para figurar posteriormente nos quadros de arbitragem da CBF e até da FIFA”.

O momento que marcou a solenidade foi a oratória dos representantes de turma Alessandra Stefany e João Paulo que relembraram momentos de descontração e dificuldades enfrentados durante o curso de formação.

Na oportunidade, foram entregues certificados aos concluintes. Estiveram presentes na solenidade o presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF), Felipe Feijó; o presidente do Sindicato dos Árbitros de Alagoas, Sílvio Acioli; a Secretária de Esportes, Lazer e Juventude de Alagoas, Sra Cláudia Petuba; o ex árbitro da Confederação Brasileira de Futebol, Flávio Feijó; o coordenador pedagógico do curso de formação de árbitros, Prof. Vitor Fabiano; e, o presidente da Comissão de Arbitragem da Federação Alagoana de Futebol, Charles Hebert além dos professores que ministraram as disciplinas do curso.

Familiares e amigos estiveram prestigiaram mais uma etapa da vida desses novos árbitros. O momento que marcou a solenidade foi a oratória dos representantes de turma Alessandra Stefany e João Paulo que relembraram momentos de descontração e dificuldades enfrentados durante o curso de formação.

“O que falar da 1ª Turma de Formação de Árbitro de Futebol realizada no Cesmac. Lembro da primeira reunião que tive para falar sobre essa proposta, mesmo não sendo uma pós-graduação, onde estou acostumada a organizar, abracei a ideia de imediato. O Prof. Vitor (Coordenador do Curso) me procurou e disse que tinha uma reunião marcada na FAF para conversar sobre a proposta do curso, mas ele já estava com todo o projeto montado e só precisava de um apoio na logística da IES. Fomos recebidos pelo Charles – um dos nossos professores e de grande importância para que a turma acontecesse da melhor forma possível e do Presidente da FAF o Felipe, fomos muito bem recepcionados e no mês seguinte o curso já estava no ar. Quando tiveram a aula inaugural no início de agosto e as aulas aos sábados, fui acompanhando o curso a cada atividade, a turma é só orgulho. Dessa forma gostaria de parabenizar a todos pela conquista, pela dedicação e pelo empenho no decorrer do curso, sigam com esse mesmo compromisso e vontade que o sucesso é garantido”, concluiu a professora Juliana Pereira.

Fonte: Assessoria / Cesmac

Comentários