Esporte

14 de julho de 2019 19:12

Athletico bate o Internacional na Arena da Baixada pelo Brasileirão

Paranaenses chegaram ao 12º lugar; gaúchos viram os três primeiros se distanciarem e está em quarto

↑ Vitinho fez o gol do jogo (Foto: Divulgação / CAP)

O time praticamente reserva do Internacional parecia conseguir segurar o Athletico, mas um gol de Vitinho no finalzinho garantiu a vitória do Furacão por 1 a 0 na Arena da Baixada, neste domingo. Em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, as duas equipes fizeram jogo movimentado, mas a vitória athleticana só saiu aos 44 do segundo tempo.

Com o resultado, o AthleticoR chegou aos 13 pontos e agora ocupa a 12ª colocação na classificação. Já o Inter perdeu a chance de encostar nos primeiros colocados e estacionou nos 16 pontos, na quarta colocação.

Agora o Colorado volta as suas atenções para a Copa do Brasil, quando enfrenta o Palmeiras, nesta quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio. A equipe de Odair Hellmann tenta a classificação para as semifinais, depois de perder o jogo de ida por 1 a 0. Já o Furacão, também pela Copa do Brasil, encara o Flamengo no jogo de volta, no mesmo dia e horário, no Maracanã. O jogo de ida, na Arena, terminou em 1 a 1.

O jogo

O primeiro tempo começou agitado, com a rede balançando logo aos dois minutos, mas o lance foi anulado. Tréllez recebeu o lançamento em profundidade, driblou o goleiro Santos e tocou para o fundo das redes. No momento do toque, entretanto, o colombiano aparecia à frente da zaga rubro-negra.

A resposta do Athletico veio aos 16 minutos depois de uma bela jogada coletiva. Marcelo Cirino invadiu a área pela direita e tentou a cavadinha na saída de Marcelo Lomba. O goleiro, porém, apareceu bem e tirou com a ponta dos dedos. A bola ainda tocou no travessão antes de sair pela linha de fundo.

Dois minutos depois, Tréllez voltou a aparecer, mas perdeu um gol inacreditável. O atacante colorado pegou a sobra na marca do pênalti, finalizou livre de marcação, mas a bola subiu demais e passou por cima do travessão do goleiro Santos.

A partir de então, o Athletico dominou as ações do jogo, mas tinha dificuldades para penetrar na defesa do Inter. Apesar de muita movimentação no ataque, o primeiro tempo terminou sem mais grandes chances para o Furacão.

Na volta do intervalo, as equipes voltaram dispostas a buscar o gol para inaugurar o placar, e com apenas dois minutos criaram ótimas oportunidades. Primeiro, o Athletico apareceu com Rony, que recebeu cruzamento de Bruno Guimarães e cabeceou com perigo, mas a bola foi para fora. Na jogada seguinte, o Inter respondeu com um belo chute de fora da área de Rafael Sobis, que passou tirando tinta da trave.

Aos 15 minutos, o Furacão apareceu com perigo mais uma vez, mas parou novamente nas mãos de Marcelo Lomba. Depois de uma boa jogada, Nikão soltou a bomba, e o goleiro colorado apareceu para fazer boa defesa e evitar o gol do time da casa.

A partir de então o Athletico voltou a dominar as ações e o jogo virou um verdadeiro ataque contra defesa. A dificuldade em penetrar na zaga do Inter, entretanto, persistia e o gol da vitória demorou a sair.

Se não havia como entrar na área, uma jogada individual e um chute de fora da área resolveram os problemas do Furacão aos 44 minutos. Vitinho puxou o ataque pelo lado direito, puxou para o meio na entrada da área e bateu colocado, no cantinho de Marcelo Lomba para fazer o gol do jogo.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO 1X0 INTERNACIONAL

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 14 de Julho de 2019, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (Fifa/SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Helton Nunes (SC)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Cartões amarelos: Jonathan e Márcio Azevedo (Athletico); Roberto, Rodrigo Lindoso e Sarrafiore (Internacional)
Gol: Vitinho, aos 44 do 2ºT (Athletico)

ATHLETICO: Santos; Jonathan, Léo Pereira, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Lucho González (Bruno Nazário), Bruno Guimarães e Nikão; Marcelo Cirino (Vitinho), Rony e Marco Ruben (Thonny Anderson)
Técnico: Tiago Nunes

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Heitor, Emerson Santos, Roberto e Natanael (Erik); Rodrigo Lindoso, Rithely (José Gabriel), Nonato e Sarrafiore; Rafael Sobis (Wellington Silva) e Tréllez
Técnico: Odair Hellmann.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários