Esporte

13 de julho de 2019 22:03

Brasil de Pelotas passa pelo Botafogo-SP e chega à parte de cima da tabela

Clube gaúcho vence em estreia do técnico Bolívar

↑ Brasil venceu em pleno Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (Foto: Botafogo-SP / Assessoria)

O Botafogo-SP perdeu a chance de assumir a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro neste sábado. Jogando em casa, no Estádio Santa Cruz, pela 9ª rodada, a equipe de Ribeirão Preto bobeou na defesa e não foi efetiva o bastante no ataque para evitar a derrota por 3 a 2 para o Brasil de Pelotas, que estreou o técnico Bolívar e tem salários atrasados.

Com o resultado, o time de Roberto Cavalo chega ao terceiro jogo sem vitória na competição, perde a chance de assumir a vice-liderança e estaciona nos 16 pontos, ocupando a quarta colocação. Já o Xavante chega aos 10 pontos e sobe para a 10ª colocação.

O Botafogo-SP volta aos gramados pela Série B no próximo sábado, quando visita o o Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas, às 19 horas (de Brasília). O Brasil de Pelotas, por sua vez, joga já na quinta-feira, diante do Paraná, às 21h30, no Bento de Freitas, em solo gaúcho.

Brasil de Pelotas abre boa vantagem

Mais efetivo no início da partida, o Brasil de Pelotas saiu em vantagem logo aos 12 minutos. Rafael Grampola dividiu de cabeça, a bola sobrou com Branquinho e caiu de novo para o centroavante, que acertou chute potente da entrada da área para fazer o primeiro do Xavante.

Buscando segurar o placar, os visitantes se retraíram e deram espaço para o Botafogo-SP mandar no jogo. Após rondar a área do rival e perder boas chances, o time paulista conseguiu um pênalti após o goleiro Carlos Eduardo derrubar Rafael Costa. Na cobrança, o próprio camisa 99 deslocou o arqueiro e mandou para as redes.

A resposta dos gaúchos não tardou e foi fatal. Bruno Paulo dominou, enganou a marcação com belo corte e acionou Murilo Rangel. O meio-campista ficou com a bola, tirou o goleiro Darley e bateu para fazer o segundo do Brasil de Pelotas.

Botafogo-SP apenas esboça reação

Aproveitando a postura desorganizada do Botafogo-SP, o time xavante marcou o terceiro ainda na primeira etapa. Branquinho fez ótima jogada pela ponta esquerda e cruzou para o zagueiro Leandro Camilo, sozinho, completar para as redes.

Ciente da necessidade de uma rápida reação, o Pantera diminuiu aos 11 minutos do segundo tempo. Após entrar no intervalo, Higor Meritão aproveitou cobrança rápida de falta, driblou Heverton e bateu rasteiro, com força, para deixar o seu.

Apesar de ter mais de 30 minutos para buscar ao menos o empate, o time de Roberto Cavalo esbarrou na falta de eficiência na troca de passes para criar apenas uma boa trama, com Rafael Costa, que pegou rebote de Carlos Eduardo, mas parou no goleiro.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-SP 2X3 BRASIL DE PELOTAS

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 13 de julho de 2019, sábado
Horário: 18h (de Brasília)
Árbitro: Andrei da Silva e Silva (PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Luis Diego Nascimento Lopes (PA)
Cartões amarelos: Leandro Amaro (BOT). Leandro Leite, Carlos Eduardo e Elias (BRA)
Gols:
BOTAFOGO-SP: Rafael Costa aos 33 do 1ºT e Higor Meritão aos 11 minutos do 2°T.
BRASIL DE PELOTAS: Rafael Grampola aos 12 do 1ºT, Murilo Rangel aos 37 do 1ºT e Leandro Camilo aos 46 minutos do 1ºT.

Botafogo-SP: Darley; Lucas, Leandro Amaro, Naylhor e Pará; Willian Oliveira (Felipe Saraiva), Marlon Freitas, Jonata Felipe (Higor Meritão); Murilo Henrique, Erick Luis (Henan) e Rafael Costa
Técnico: Roberto Cavalo

Brasil de Pelotas: Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Leandro Camilo, Heverton e Sousa (Washigton); Leandro Leite, Carlos Jatobá, Murilo Rangel (Diogo Oliveira), Branquinho (Elias) e Bruno Paulo; Rafael Grampola
Técnico: Bolívar.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

MAIS NO TH