Esporte

23 de junho de 2019 20:17

Argentina vence o Catar e avança na Copa América para enfrentar a Venezuela

Lautaro Martinez e Aguero fizeram os gols que classificaram os argentinos

↑ Lautaro Martinez e Aguero salvaram a Argentina de vexame na primeira fase (Foto: Carl de Souza / AFP)

A Argentina derrotou neste domingo o Catar por 2 a 0 na Arena pela terceira rodada do Grupo B da Copa América. Os argentinos não tiveram um desempenho de encher os olhos, porém foram eficientes nas oportunidades que tiveram. Messi exibiu o seu futebol exuberante e ajudou na classificação dos hermanos a fase seguinte. Lautaro Martínez e Aguero fizeram para o selecionado argentino.

Com o resultado, a Argentina terminou na segunda posição com quatro pontos. E o Catar ficou no último lugar com apenas um ponto.

Nas quartas de final, os argentinos pegam, na próxima sexta-feira, a Venezuela, às 16h (de Brasília), no Maracanã. Dessa forma, a Argentina só enfrenta o Brasil numa semifinal.

O Jogo

Empurrados pelos seus torcedores, a Argentina se soltou para o ataque. Aos dois minutos, Messi tabelou com o Lo Celso, ganhou espaço e arriscou para o gol, mas sem perigo a meta do Catar. Aos três, bobeada de Hisham que saiu jogando muito mal e entregou no pé de Lautaro Martinez, que dentro da área ajeitou e bateu no cantinho do goleiro Al-Sheeb e colocou no fundo da rede. Aos 12, De Paul lançou Aguero na área, ele cortou o marcador, puxou para a linha de fundo e cruzou na área. A bola passou por todo mundo e chegou para Lo Celso que isolou a bola na tentativa de finalização.

Por outro lado, o Catar chegou com perigo aos 18. Pedro cruzou rasteiro na área para a chegada de Almoez, que tentou a finalização, mas foi travado na hora da finalização. Que chance perderam os argentinos, aos 21, Messi recebeu da intermediária e dá uma bela arrancada para deixar Aguero na cara do arqueiro. O camisa 9 ajeitou o corpo e tentou tirar de Al-Sheeb, mas acabou tirando do gol.

Apesar de tecnicamente ter um time superior, os hermanos mostraram muitas fragilidades no sistema defensivo quando são atacados. Com grande presença de argentinos na Arena, os comandados de Scaloni se sentem em casa. Aos 38, Paredes cobrou falta na área e Otamendi subiu sozinho e cabeceou para fora. Mais uma oportunidade perdida pela Argentina para ampliar o placar. No minuto seguinte, De Paul arriscou para o gol e o goleiro Al- Sheeb bateu roupa. Ela sobrou para Aguero, que tentou de primeira e na segunda tentativa a defesa afastou o perigo. Lautaro Martinez quase conseguiu o desvio, mas os catarianos se salvaram.

Aos 40, troca de passes na entrada da área da Argentina e Almoez cruzou para a chegada de Al-Haydoz. O camisa 10 deu um carrinho e desviou para fora, quase marcando. Mas a arbitragem já marcava impedimento. Aos 45, Al Hajri bateu direto para o gol com muito efeito e a bola bateu na trave e foi para a linha de fundo. Por pouco, o Catar não empatou.

Na volta do segundo tempo o Catar começou pressionando a Argentina. Já os argentinos tentam atacar, porém sem muita organização. Quando Messi pegou na bola levava susto a defesa.

Uma blitz dos argentinos, aos 16, escanteio cobrado fechado no primeiro pau e Aguero soltou uma bomba e Al-Sheeb operou um milagre. Aos 21, Aguero recebeu da esquerda com espaço, puxou para o meio e mandou uma bomba no gol de Al-Sheeb que faz bela defesa.

O Catar quando fustigou a defesa argentina se tivesse caprichado mais no último passe poderia ter feito um estrago. Aos 27, De Paul virou para Acuña, que rolou para a chegada de Messi na marca de pênalti e simplesmente isolou por cima do gol.

Mesmo que não esteja fazendo uma atuação brilhante, os argentinos com mais qualidade técnica chegaram ao segundo gol. Aos 36, Aguero recebeu da intermediária, arrancou com espaço, passou pela marcação e bateu cruzado no contrapé do goleiro Al-Sheeb, que até chegou a desviar na bola, mas não impediu o tento dos argentinos. Enquanto isso, o Catar parou nas suas limitações técnicas e sequer conseguiu assustar a meta de Armani.

A reta final da partida os argentinos tratam de administrar o resultado, tocam a bola de um lado para o outro e conquistaram importante triunfo. Assim os hermanos escaparam de um confronto contra o Brasil nas quartas de final.

Ficha Técnica
Catar 0 x 2 Argentina

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Data: 23 de junho (domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Julio Bascuñan (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann e Claudio Rios (CHI)
VAR: Roberto Tobar (CHI) auxiliado por Gery Vargas (COL) e Christian Lescano (ECU)
Renda: R$ 7.901.700,00
Público Total: 41.390
Cartão amarelo: Lo Celso, Foyth (Argentina), Almoez Ali, Boudiaf, Abdulsalam (Catar)
Gols: Lautaro Martinez (Argentina), aos 03 minutos do primeiro tempo e Aguero (Argentina), aos 36 minutos do segundo tempo.

Catar: Al-Sheeb;,Hisham, Khoukhi e Salman, Pedro (Ismaeil), Boudiaf,Al-Haydos, Hatem e Al Hajri (Abdulsalam), Akram Afif e Almoez Ali
Técnico: Félix Sánchez

Argentina: Armani, Saravia, Foyth (Pezzella), Otamendi e Tagliafico; Paredes, Lo Celso (Acuña) e De Paul, Messi, Aguero e Lautaro Martínez (Dybala)
Técnico: Lionel Scaloni.

Fonte: Gazeta Esportiva / Texto: Cesar Esteves

Comentários