Esporte

4 de junho de 2019 01:27

América empata em casa e segue sem vencer na Série B

Coritiba está na sexta posição, com nove pontos conquistados

↑ Foto: Reprodução

O América não consegue vencer na segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Na noite desta segunda-feira, no Independência, o Coelho recebeu o Coritiba, em partida válida pela sexta rodada da competição, no entanto, o empate por 1 a 1 foi o melhor resultado.

Com a igualdade, o América alcança seu segundo ponto na competição, com dois empates e quatro derrotas. Com isso, a lanterna da competição está nas mãos do Coelho. O Coritiba está na sexta posição, com nove pontos conquistados.

O América tem agora uma maratona longe de Belo Horizonte. No próximo sábado, às 20h30 (de Brasília), contra o CRB, no Estádio Rei Pelé, enquanto o Coritiba tem clássico contra o Paraná, no mesmo dia, às 18h, no Couto Pereira. Na outra semana, a equipe de Barbieri terá o Bragantino pela frente, na terça-feira, às 20h30.

Primeiro tempo

O América entrou em campo pressionado pela ausência de resultados, situação que deixa a equipe alviverde na zona de rebaixamento, na lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B, sem uma vitória sequer. O Coxa luta na parte superior da tabela, algo que dava alguma tranquilidade na partida.

A partida era muito travada no meio campo. O América, pelo desenho tático do jogo, se preocupava em manter a posse de bola e ser a equipe mais lúcida em campo, trocando passes e abrindo espaços. O Coritiba abria dois jogadores nas pontas, um deles Rafinha, conhecido em Belo Horizonte pelos tempos de Cruzeiro.

A primeira grande chance do América aconteceu aos 3 minutos de jogo, com uma boa chegada de Neto Berola. Logo no minuto seguinte, o Coritiba chegou, pela direita, mas parou na falha de Patrick Brey que chutou mal e a bola foi para fora.

O duelo passou a ficar bastante no meio campo. O Coxa não agredia, tentava sempre pelos contra-ataques e o América custava a se encontrar. Aos 26, em jogada rápida do América, a bola chegou em Neto Berola que chutou. A bola foi fraca e sem direção.

Aos 43, o América chegou com bastante perigo. Em bola na área, Felipe Azevedo dominou e chutou e a bola pegou na trave. No lance seguinte, ele novamente, um minuto depois, chutou novamente, desta vez rasteiro, para colocar a bola no fundo das redes.

Segundo tempo

O Coxa voltou querendo, pelo menos, o empate no Independência. A equipe conseguia ser mais agressiva, mas o América se cuidava bem e não tinha grandes problemas.

Aos 14 minutos um lance perigoso do Coxa: Giovanni acertou um belo chute de fora e a trave salvou o América de um empate. O Coelho não conseguia ter qualidade na saída de jogo e via o Coritiba crescendo cada vez mais em campo.

O crescimento em campo foi coroado com o gol do Coritiba. Aos 19 minutos, Rodrigão aproveitou o escanteio, subiu mais que todo mundo e mandou para o fundo das redes.

O América estava sem forças em campo e o Coritiba passou a gostar do jogo. A equipe de fora criava chances e dominava completamente o meio campo. No finalzinho, o Coxa chegou, levou muito perigo, mas a bola foi para fora do chute de Rafinha.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários