Esporte

22 de maio de 2019 09:19

CSA vai confirmar punição para atletas baladeiros

Direção azulina já está com a decisão tomada; preços dos ingressos para duelo contra o Goiás começam a ser vendidos

↑ Apodi é um dos destaques do CSA e falou com a imprensa no desembarque do clube de Porto Alegre (Foto: Ascom/CSA)

Fora das quatro linhas a direção do CSA tem uma decisão difícil nesta quarta-feira (22). Mas que, segundo o dirigente Raimundo Tavares, já está tomada desde o último final de semana. Os colombianos Pablo Armero e o atacante Manga Escobar, além do meia argentino Chaco Maidana cometeram atos de indisciplina e podem ser punidos. A decisão será anunciada em coletiva na tarde desta quarta. “Ninguém tolera, e ter alguém que queira prejudicar o trabalho, expor o nome da instituição. Isso é uma coisa que nós já temos decidido em conjunto com o presidente Rafael Tenório e o departamento de futebol todo. Na quarta-feira, tornaremos público”, afirmou Tavares.

EM CAMPO

Marcelo Cabo não quer esse clima de confusão dentro de campo. Esta quarta à tarde tem a reapresentação oficial de olho no jogo da próxima segunda-feira (27), às 20h, contra o Goiás.  “Esse é o Campeonato Brasileiro, todos podem vencer todos. Jogamos contra o Palmeiras, contra grandes equipes e fizemos grandes jogos. Acho que está faltando só caprichar para conseguirmos os três pontos. Querendo ou não, é um rival (Goiás) que vai brigar na parte de baixo da tabela. Temos que propor o jogo e buscar o resultado”.

INGRESSOS

Os ingressos começam a ser vendidos nesta quarta-feira. Arquibancada baixa R$ 40 (R$ 20 a meia-entrada), arquibancada alta R$ 60 (R$ 30 meia-entrada) e o setor das cadeiras R$ 200 (R$ 100 meia-entrada).

Os pontos de venda são: Loja do Azulão (Jatiúca e Serraria), Via Esportiva, Grande Torcedor, Central do Sócio do Maior, Poly Sport (Centro e Maceió Shopping). O torcedor pode comprar online através do site www.fanpass.com.br.

ARBITRAGEM

Da Federação Paranaense, Edina Alves comanda o jogo. Emerson Augusto de Carvalho-SP e Neuza Back-SC serão os auxiliares. Será a primeira vez desde 2005 que uma mulher comanda uma partida da Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro.

Comentários