Esporte

18 de abril de 2019 08:49

CRB confiante na virada; arbitragem é definida

Técnico Marcelo Chamusca antecipa coletiva para hoje e convoca o torcedor

↑ CRB encara o Paraná neste sábado (4) (Foto: Ascom/CRB)

Esta quinta-feira (18) é dia de escutar o técnico Marcelo Chamusca. O comandante do CRB concede a entrevista coletiva que antecede a final do Campeonato Alagoano. No domingo (21), como mandante, o Galo encara o CSA às 16h no Estádio Rei Pelé. Os principais questionamentos ao treinador devem ser pela manutenção do time. Ele chegou agora e não quis mudar muito que estava sendo feito por Roberto Fernandes (ex-técnico). Mas agora que já teve alguns dias de treinamentos, além do jogo contra o rival (derrota de 1×0), Chamusca tem mais base para fazer ajustes pontuais.

É possível que ele troque o comando de ataque, colocando Victor Rangel de primeira na vaga de Zé Carlos. É possível que ele troque o setor de criação com a provável ausência de Felipe Menezes, que se recupera de lesão. Mas, o que Chamusca mais falou na última coletiva, é que o grupo precisa de uma nova postura.

“Foi primeiro tempo de uma decisão, o que nós mostramos me deixou muito satisfeito. Eu tive apenas dois dias para trabalhar a minha equipe, e tenha certeza que nós vamos fazer uma grande semana para poder reverter. Está totalmente aberta a competição, principalmente pela nossa performance, e nós vamos trabalhar forte pra reverter e poder levantar o caneco porque é o nosso objetivo. O campeonato está aberto e temos total condições”.

Não há critério de gol qualificado na final do Alagoano. O Azulão conquistou a vantagem do empate para chegar ao bicampeonato. O Galo precisa vencer por 2 ou mais gols de diferença no tempo normal para ser campeão. Caso vença por apenas 1 gol de diferença, o Regatas leva a decisão para os pênaltis.

Opção no elenco regatiano, o lateral-esquerdo João Paulo lembrou que um novo erro pode custar o título ao Galo.  “Temos uma vantagem para tirar do CSA e precisamos estar preparados. Uma falha pode nos custar o título. Assim como eles conquistaram esse placar no primeiro jogo, podemos reverter o quadro na segunda partida no Rei Pelé. Só depende da gente. Vamos enfrentar uma grande equipe, mas estamos preparados”, disse.

O volante Claudinei sabe da missão do CRB no domingo e mostrou confiança no título. Ele ainda elogiou o rival. “Temos uma desvantagem para esta segunda partida e sabemos da responsabilidade que teremos durante os noventa minutos. Assim como o CSA venceu o primeiro jogo, temos totais condições inverter o quadro e conquistarmos o título do Campeonato Alagoano. Vamos enfrentar uma grande equipe, um adversário com jogadores de alto nível e que passam por um bom momento. Lutaremos muito por essa vitória”.

INGRESSOS

Os bilhetes custam: R$ 15,00 nas arquibancadas baixas, R$ 20,00 nas altas e R$ 50,00 para as cadeiras. Os pontos adotados pelo CRB são: Poly Sport (Centro e Maceió Shopping), Loja Regatas – Oficial do CRB (Avenida Dr. Antônio Gomes de Barros, na Jatiúca), Kiosk Sports (Shopping Pátio), Via Esportiva (Galeria San Nicholas, na Serraria), Estande do Galo (Shopping Maceió) e Bar do Carlão (no Trapiche). Para torcida do CSA as vendas acontecem na Loja do Azulão (Jatiúca).

ARBITRAGEM

Nesta quarta-feira (17), a comissão definiu o quarteto Fifa que atuará no clássico. Wagner Magalhães (RJ) será o árbitro. Os assistentes serão Guilherme  Dias e Neusa Bach. A quarta árbitra será Edna Alves.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH