Esporte

14 de abril de 2019 12:49

São Paulo e Corinthians iniciam final em busca da reafirmação

No último, contra o Santos, Corinthians teve atuação decepcionante e esquema de Carille foi questionado, já o São Paulo quer voltar a ganhar título

Após 16 anos, São Paulo e Corinthians fazem uma final de Campeonato Paulista em uma situação diferente de outras ocasiões. Ambas as equipes, neste domingo (14), às 16h, no Morumbi, estãoem busca da reafirmação, já que, durante o torneio, deixaram a desejar em relação à qualidade do futebol.

O São Paulo, há algumas temporadas vem fazendo campanhas decepcionantes e tem a chance de iniciar um processo de recuperação. Melhorou nos últimos jogos e, com uma equipe jovem, entra em campo sem tanta responsabilidade, mas ciente da importância de conquistar o título. No banco, terá o técnico Cuca, que estreou no último domingo, quando o time se classificou para a final superando o Palmeiras nos pênaltis.

O time deverá contar com o retorno de Hernanes, que trabalhou normalmente durante a semana e se recuperou de contusão. Já o atacante Pablo, segue como dúvida. No meio-campo, Cuca deposita esperanças no jovem Igor Gomes, que tem mostrado qualidade na armação das jogadas.

Para o treinador, que realizou um treinamento fechado para a imprensa, na última sexta-feira, a juventude de sua equipe não deverá pesar na disputa.

“Temos a força do nosso torcecor, o Corinthians tem experiência, um time maduro, é bicampeão paulista. Não podemos dizer que somos favoritos, para esse primeiro jogo não existe faviritismo.  Dependendo do que acontecer, pode haver um favoritismo para um ou outro na segunda partida.”

No Corinthians, o desejo é recuperar a má imagem deixada na fraquíssima atuação contra o Santos, quando, completamente acovardado, o time quase não criou e, após perder por 1 a 0, conseguiu a classificação nos pênaltis.

A tendência é do técnico Carille, que também fechou o treino para a imprensa, colocar um time mais “cascudo” em campo, mas sem perder o ímpeto ofensivo.

Neste sentido, Vágner Love, que foi o único que tentou atacar contra o Santos, após entrar no segundo tempo, deve começar jogando no lugar de Pedrinho, considerado um meia pelo treinador corintiano.

Jádson, pelo toque de bola, deve substituir Sornoza, para dar mais volume de jogo no meio-campo e ajudar o time a não ficar tão restrito aos chutões e jogadas de velocidade. Ramiro também treinou como titular, no lugar de Clayson. O desfalque será Danilo Avelar, com dores no joelho. Carlos Augusto será o substituto.

Quem não ficou satisfeito com a atuação do Corinthians contra o Santos foi o presidente do clube, Andres Sanchez, que, durante a semana, afirmou que o time não entrará em campo se o ônibus da equipe for atacado e tiver vidros quebrados.

A atuação abaixo das expectativas na segunda partida da semi fez Andres atribuir o favoritismo para o São Paulo.

“Pelos jogos que fizemos recentemente e pelos que o São Paulo fez, o São Paulo é o favorito nesta final.”

Ficha técnica

SÃO PAULO X CORINTHIANS

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Data e horário: domingo (14 de abril) às 16h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Emerson Augusto de Carvalho

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Hudson, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Hernanes (Liziero) e Igor Gomes; Antony, Éverton Felipe (Carneiro) e Éverton. Técnico: Cuca

CORINTHIANS: Cássio; Fágner, Manoel, Henrique e Carlos Augusto; Ralf, Júnior Urso, Ramiro, Jádson; Váger Love e Gustagol. Técnico: Fábio Carille

Em novo ranking da Fifa, Bélgica mantém ponta e Brasil segue em 3°

Fonte: R7

Comentários