Esporte

11 de fevereiro de 2019 15:54

CRB protesta contra atuação de auxiliar no clássico de domingo

Segundo o clube, nas mídias sociais do árbitro assistente Ruan Luís de Barros ele se mostra torcedor do CSA

↑ CRB protesta contra um dos bandeirinhas do clássico de domingo (Foto: Ascom CRB)

Nesta segunda-feira (11), o CRB protestou contra a atuação do bandeirinha Ruan Luís de Barros no Clássico das Multidões pelo Campeonato Alagoano no domingo (10), que terminou com o placar de 0x0. Segundo o clube, em comunicado divulgado em seu site, o assistente seria torcedor declarado do CSA, de acordo com postagens em redes sociais. O clube regatiano contesta a marcação de impedimentos em todos os ataques, principalmente um protagonizado por Danilinho, e solicita que o árbitro auxiliar não seja mais escalado para os jogos da agremiação.

Confira a nota oficial:

O Clube de Regatas Brasil vem, por meio desta, protestar contra a péssima atuação do Árbitro Assistente, Ruan Luís de Barros, no Clássico das Multidões deste domingo.

Não tem como aceitar, em um ambiente tão competitivo, que seja cometido um erro tão grave, como o registrado no segundo tempo do jogo de ontem, onde foi dado um impedimento do atacante Danilinho no segundo tempo, em um lance fácil de ser marcado até para um bandeirinha com pouca experiência. O atleta regatiano estava bem atrás do último defensor e, se não fosse assinalado um impedimento tão absurdo, ao entrar na área sofreu um pênalti claríssimo.

Chamou a atenção de todos o fato do assistente passar todo o segundo tempo com o braço engessado, marcando impedimento em todos os ataques do CRB. Horas depois do jogo, ficou claro em suas mídias sociais que o mesmo é torcedor declarado do rival e, como ficou provado ontem, mostrou o quanto não está preparado para trabalhar em jogos deste porte, onde é fundamental deixar de lado suas preferências como torcedor.

Diante destes fatos, o CRB solicita que o Sr. Ruan Luís de Barros não seja mais escalado nos jogos do clube nesta temporada, já que não podemos aceitar que um profissional da arbitragem trabalhe levando as cores de seu clube embaixo do seu uniforme de árbitro ou bandeira.

Ciente do quanto a Federação Alagoana de Futebol e a Comissão Estadual de Arbitragem trabalham para promover o futebol do nosso Estado, o CRB reitera sua total confiança que serão tomadas providências para impedir a repetição de fatos como os registrados no Clássico de ontem.

Fonte: Tribuna Hoje com Ascom CRB

Comentários

MAIS NO TH