Esporte

5 de fevereiro de 2019 08:55

CSA realiza treinamento nesta terça-feira (5) em Cuiabá

Celsinho embarca de Maceió para se juntar ao elenco após recuperação de lesão; titulares definidos para jogo com o Mixto

↑ CSA faz um treinamento hoje em Cuiabá de olho no duelo contra o Mixto-MT nesta quarta-feira (6) pela Copa do Brasil (Foto: Ascom/CSA)

Muda a chave. Hora de pensar na Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (6), o CSA encara o Mixto-MT, às 20h30 (horário de Alagoas), na Arena Pantanal, na estreia pela primeira fase da competição. A delegação veio direto do Maranhão onde conquistou uma bela vitória pela Copa do Nordeste (3×0 no Sampaio). Nesta terça (5) tem treino e quem viajou de Maceió foi o lateral Celsinho.

Ausente do último jogo, o lateral-direito se recuperou de um pisão no pé esquerdo e embarcou nesta segunda-feira (4) para se juntar ao elenco. A tendência é que Marcelo Cabo utilize força máxima. A provável escalação do Azulão tem João Carlos; Celsinho, Gérson, Luciano Castan e Pedro Rosa; Amaral, Dawhan, Didira, Matheus Sávio e Régis; Patrick Fabiano.

De acordo com o regulamento da Copa do Brasil, a primeira fase será disputada em jogo único. Os times visitantes têm a vantagem do empate pelo critério do Ranking de Clubes. Caso o Azulão se classifique à segunda fase, o próximo adversário será São José-RS ou Chapecoense.

“Foi uma vitória muito importante e expressiva, vencemos o atual campeão da Copa do Nordeste. O time se apresentou bem em campo e gostei da atuação. É mais um importante compromisso que temos na temporada, uma decisão. Ainda não tenho o time definido, mas tenho todos à disposição. Preciso ver quem estará apto para a disputa. Esperamos um jogo difícil na Arena Pantanal. A Copa do Brasil é uma competição muito atraente e a expectativa é muito boa. Vamos com uma equipe competitiva. Temos que ter o mesmo desempenho que tivemos diante do Sampaio para buscar classificação fora de casa”, disse Cabo.

O CSA enfrenta uma maratona de jogos e ainda terá que pensar no clássico com o CRB no final de semana. O treinador avalia que o estudo da comissão técnica, principalmente do setor de análise de desempenho, está ajudando o grupo.

“A gente está tendo muita dificuldade pela sucessão de jogos, está sem tempo de treinar. Então, a gente buscou ajustar a equipe nos vídeos, nas conversas, na palestra, no estudo do adversário. E a gente sabia que, dentro de casa o Sampaio é uma equipe muito forte, principalmente, a sua intensidade de marcação. Uma equipe que marcou muito forte, foi muito intensa e a gente sabia que precisava não deixar eles com a bola no nosso campo”, destacou.

Quem vive boa fase é o atacante Patrick Fabiano fez dois gols na vitória por 3×0 no Sampaio. Patrick, aliás, é o goleador do CSA no ano e um dos mais efetivos do país. Tem seis gols em sete jogos no ano e ganhou a confiança da torcida. Como veio do futebol árabe, recebeu o apelido carinhoso de Habib no Azulão.

Patrick, de 31 anos, é finalizador. Os gols dele neste domingo saíram em toques simples. No primeiro, recebeu passe rasteiro de Gerson. No segundo, o garçom foi Régis, que fez boa jogada pela esquerda e serviu ao Habib.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH