Esporte

16 de novembro de 2018 21:59

Atlético-GO vence São Bento em casa e segue com chances de subir

São Bento estaciona nos 46 pontos e ocupa 12º lugar

↑ Foto: Reprodução

O Atlético-GO segue com chances de jogar a elite nacional em 2019. Nesta sexta-feira, jogando em casa, no Estádio Antonio Accioly, a equipe comandada por Wagner Lopes dominou o São Bento, mas foi econômica nos gols e venceu a partida válida pela 37ª rodada da Série B por apenas 1 a 0. O gol solitário foi marcado pelo atacante André Luís.

Com o resultado, o Atlético-GO assume momentaneamente a sexta colocação, com 56 pontos, um a menos que o Goiás e Avaí, quarto e quinto colocados, respectivamente. Assim, o Dragão entra na última rodada ainda sonhando em levar uma vaga na elite nacional. O São Bento, por sua vez, estaciona nos 46 pontos e ocupa o 12º lugar, sem ambições dentro da competição.

Na rodada derradeira da Série B, o Atlético-GO precisa vencer o Paysandu, na Curuzu, e torcer por tropeços de rivais diretos pelo G4 para conseguir o acesso, enquanto o São Bento apenas cumpre tabela contra Vila Nova em casa, no Walter Ribeiro. As duas partidas estão programadas para o próximo sábado, dia 24, às 17 horas (de Brasília).

Atlético-GO marca e ainda fica com um jogador a mais

Ciente da necessidade da vitória para seguir almejando voltar a elite nacional, o Atlético-GO buscou propor o jogo desde o apito inicial do árbitro. Com a linha de defesa quase no meio-campo, a equipe rubro-negra encurralou o São Bento em seu campo e criou a primeira boa chance aos 13 minutos, quando João Paulo arriscou de longe e forçou o goleiro Henal a fazer boa defesa.

Depois de 22 minutos de pressão, mas de poucos arremates, o Dragão resolveu acelerar a troca de passes e assustou Henal novamente em duas ocasiões consecutivas. Já maduro, o gol saiu na sequência. O atacante André Luís foi lançado e teve tranquilidade para tocar na saída do goleiro, abrindo o placar.

Se o panorama já era bom para os mandantes, ficou ainda melhor na reta final do primeiro tempo. Roni reclamou com o árbitro e recebeu cartão vermelho direto, deixando o São Bento com 10 jogadores. Desarrumada, a equipe do interior paulista contou com outras boas defesas de Henal para ir ao intervalo perdendo pelo marcador mínimo.

Dragão administra vantagem e garante triunfo

O cenário da partida seguiu o mesmo na segunda etapa. O Atlético-GO pressionava o adversário em seu campo de defesa e tentava ampliar o placar através de chutes de fora da área, já que penetrar na povoada defesa do São Bento era tarefa difícil. Em um dos bons arremates dos donos da casa, João Paulo parou novamente em Henal.

Mais tarde, o Dragão balançou as redes com Renato Kayzer de cabeça, mas o bandeirinha levantou o instrumento corretamente e o árbitro anulou o tento. Passados os 20 minutos da etapa final, o São Bento resolveu se aventurar ao ataque, mas tinha dificuldades de sequer ameaçar o goleiro Kléver, que apenas assistia a partida.

Nos instantes finais do embate, o zagueiro Gilvan cabeceou escanteio na trave e desperdiçou ótima oportunidade marcar. Entretanto o gol não fez falta, uma vez que o Atlético-GO administrou a vitória até o apito final do árbitro.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

MAIS NO TH