Esporte

9 de novembro de 2018 09:58

CSA vai facilitar entrada do torcedor

Direção azulina fez reunião com a PM e a FAF para abertura de mais portões e colocação de mais catracas para sábado

↑ Reunião prévia para definições do jogo do CSA contra o Atlético-GO aconteceu nesta quinta-feira (8) no Mutange (Foto: Ascom/CSA)

Todas as atenções estão voltadas para o jogo deste sábado (10) entre CSA e Atlético-GO, às 16h (de Maceió), no Estádio Rei Pelé. Nesta sexta-feira (9) pela manhã, às 10h, acontece reunião que define o esquema de segurança da partida. O evento será na sede do Comando de Policiamento da Capital (CPC).  Mas nesta quinta-feira (8) ocorreu uma reunião prévia com a participação do superintendente administrativo do CSA, Hugo Leahy, do capitão Hiraque, representando a Polícia Militar, diretores da empresa V5, Thiago Viana e Rubem Viana, além do diretor de competições da FAF, Luciano Sampaio.

Ficou definido que mais entradas e catracas serão disponibilizadas para o torcedor do CSA. “Vamos abrir acesso em todas as rampas, um dois e três. Tivemos a confirmação também da federação para colocação de mais catracas. Outro fator importante é que o torcedor está comprando o ingresso de maneira antecipada, isso vai diminuir as filas”, explicou o capitão Hiraque.

Até o fechamento desta edição, a direção azulina informou que mais de 7 mil ingressos foram vendidos.   Para este confronto, o CSA aumentou os preços dos ingressos, que já estão à venda. Os valores foram definidos em R$ 25 arquibancada baixa, R$ 40 arquibancada alta e R$ 100 as cadeiras especiais. Os preços são promocionais de meia-entrada. Sócios adimplentes têm acesso garantido ao setor correspondente ao plano. Os pontos de venda são: Loja Azulão, Via Esportiva (Antiga Arena das Torcidas), PolySport (Shopping Maceió e Centro), Loja Grande Torcedor (Walmart).

MATEMÁTICA

Após arrancar o empate com o Fortaleza no Castelão, o CSA chegou aos 58 pontos e está na vice-liderança da Série B. O time marujo pode conquistar o acesso já neste sábado, caso uma combinação de resultados aconteça.

Primeiro, o próprio CSA tem que vencer o Atlético-GO. Segundo, precisa torcer para que o Londrina perca o jogo para o Oeste e a Ponte Preta não ganhe do Juventude. Assim, o CSA alcançaria os 61 pontos, enquanto o Londrina ficaria nos 54 e a Ponte com 53 (caso de derrota) ou 54 (caso de empate). O Atlético-GO estacionaria nos 52. Como faltaria apenas duas partidas para o término da Série B, o Azulão estaria matematicamente classificado para a Série A.

O TIME

Nesta sexta, o técnico Marcelo Cabo faz o último treino tático. Ele não tem nenhum jogador suspenso, mas espera a plena recuperação do zagueiro Leandro Souza e do meia Didira que estavam no departamento médico. O time está muito motivado para conquistar o acesso.

“Estou muito feliz com tudo que vem acontecendo comigo nestas últimas semanas. Tenho trabalhado muito para manter o nível de atuação da equipe. A comissão técnica vem me passando muita confiança o tempo inteiro e isso tem feito a diferença. Espero encerrar essas três partidas que restam na Série B bem para ajudar o CSA a conquistar o acesso”, afirmou o zagueiro Xandão.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários