Esporte

27 de outubro de 2018 19:47

Guarani leva empate do Oeste nos acréscimos e fica mais longe do G4

Fabrício fez para o Bugre e Ceará deixou tudo igual

↑ Guarani, de Umberto Louzer, está há cinco rodadas sem vencer na Série B (Foto: Letícia Martins / GFC)

Neste sábado, o Guarani recebeu o Oeste em compromisso válido pela rodada de número 33 da Série B do Campeonato Brasileiro. No Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), o Bugre tinha o jogo na mão, mas levou o empate nos acréscimos, após a expulsão de Marcão. Fabrício, de falta, fez o gol do time da casa, enquanto Ceará igualou para os visitantes.

Com o resultado, os comandados de Umberto Louzer chegam ao quinto jogo seguido sem vencer, na nona colocação da tabela de classificação, com 46 pontos ganhos, sete a menos que o Goiás, que abre o G4. O time de Roberto Cavalo, por outro lado, segue na busca para confirmar a permanência na segunda divisão, na 13ª posição, com 43 pontos. O Rubro-Negro está a apenas um triunfo de alcançar os 45 estimados para se livrar de vez do rebaixamento.

Na 34ª rodada, marcada para o próximo final de semana, os campineiros vão ao Paraná, onde enfrentam o Coritiba no Couto Pereira. A equipe de Barueri, por sua vez, volta a jogar em casa, recebendo o Figueirense na Arena Barueri.

Jogo pegado, Bugre na frente

O jogo começou brigado no Brinco de Ouro. O Oeste ensaiou uma pressão nos primeiros minutos e foi quem primeiro levou perigo ao gol adversário. Logo aos oito minutos, Rodrigo Souza fez ótima tabela com Adriano Alves pela direita, ficou com a bola na intermediária e arriscou. Com o peito do pé direito, o volante soltou um pombo sem asa que carimbou o travessão de Agenor.

Três minutos depois, o Guarani respondeu. Marcão aproveitou a sobra na entrada da área e rolou para Rondinelly. O meia ajeitou o corpo e tentou colocar no ângulo direito, mas bateu muito embaixo da bola e errou o alvo, desperdiçando chance claríssima de abrir o placar.

O ritmo do confronto diminuiu, mas, na primeira oportunidade que surgiu, a bola acabou entrando. Já com 29 rodados, Rondinelly foi derrubado na intermediária e o juiz marcou a falta. Na cobrança, o zagueiro Fabrício soltou a canhota e venceu Tadeu no canto direito, inaugurando o marcador para o Bugre. A bola ainda quicou no gramado antes de passar pelo goleiro rubro-negro.

Com a desvantagem no placar, os visitantes passaram a buscar espaços no campo de ataque, mas tiveram dificuldades para furar o bloqueio defensivo dos donos da casa, que foram ao intervalo com a vitória parcial.

Marcão é expulso, Oeste aproveita

O Guarani voltou dos vestiários ligados, determinado a garantir os três pontos. A primeira boa chance de gol foi nos pés de Jefferson Nem, aos 13 minutos da etapa final. Em velocidade, o meia recebeu pela esquerda, cortou para dentro e bateu com a direita. A bola desviou em Joílson, matou Tadeu e passou raspando a trave.

O Oeste não manifestava reação e só não tomou o segundo gol, aos 20, porque Tadeu salvou. Marcão ganhou a disputa no meio de campo, arrancou pelo meio e tocou para Matheus Anjos na direita. O meia bateu colocado, mas viu o goleiro rubro-negro fazer boa defesa com a mão trocada.

O Burge tinha a partida na mão e administrava o resultado com tranquilidade. No entanto, um cartão vermelho dado a Marcão, com 37 rodados, tratou de devolver a emoção à partida. O atacante já tinha cartão amarelo, e recebeu o segundo ao deixar o braço no rosto de Patrick.

Com um a mais em campo, o Oeste reuniu forças para buscar o empate no final. Já nos acréscimos do jogo, Edilson dominou dentro da área e serviu Ceará, que, de chapa, colocou no canto direito, superando o goleiro Agenor.

FICHA TÉCNICA
GUARANI 1 X 1 OESTE

Local: Estádio Brinco de Ouro, Campinas (SP)
Data: Sábado, 27 de outubro de 2018
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Marcus Vinicius Gomes (MG)

Gols: Fabrício, aos 29 do 1T (Guarani); Ceará (Oeste)

Cartões amarelos: Marcão e Ricardinho (Guarani); Rodrigo Souza, Lídio e Pedrinho (Oeste)

Cartão vermelho: Marcão (Guarani)

GUARANI: Agenor; Kevin, Philipe Maia, Fabrício e Romário (Pará); Willian Oliveira e Ricardinho; Matheus Anjos, Rafael Longuine (Jefferson Nem) e Rondinelly (Felipe Rodrigues); Marcão.
Técnico: Umberto Louzer

OESTE: Tadeu; Adriano Alves, Joílson, Patrick e Conrado; Lídio (Felipe), Rodrigo Souza (Edílson), Betinho, Marciel e Raphael Luz; Pedrinho (Ceará).
Técnico: Roberto Cavalo.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

MAIS NO TH