Esporte

10 de outubro de 2018 08:51

CSA convoca para “batalha” no feriado

Direção azulina não consegue mudança no horário do jogo desta sexta-feira e Azulão encara Ponte Preta às 21h30 no Rei Pelé

↑ Treinamentos seguem intensos no CT do Mutange e CSA vai com força máxima encarar a Ponte Preta nesta sexta no Estádio Rei Pelé (Foto: Ascom CSA)

O torcedor até que pediu. Mas não houve acordo. CSA e Ponte Preta entram em campo às 21h30, pela 31ª rodada da Série B, nesta sexta-feira, feriado nacional. O apelo da massa azulina é que por conta da data festiva, a partida poderia  ser mais cedo. “Esse é um horário de transmissão ao vivo do canal SporTV. Não tem como mudar”, explicou o dirigente Raimundo Tavares. Mesmo assim a convocação está feita. “Nessa reta final de competição não existe hora, dia, local. Existe o apoio total para conquistarmos esse sonho do acesso”, afirmou Tavares.

Os ingressos estão com os mesmos valores que vêm sendo cobrados na competição. Assim, o bilhete custa R$ 15,00 para a arquibancada baixa, R$ 25, 00 para a alta e R$ 100,00 para o setor das cadeiras.

Os pontos de venda são: Loja do Azulão, Via Esportiva (Antiga Arena das Torcidas Serraria), Poly Sport (Shopping Maceió e Centro), Loja Grande Torcedor (Shopping Pátio e Walmart). Além dessas opções, o torcedor poderá adquirir o ingresso no aplicativo e no site do Guichê Web.

TREINOS

É hora de montar a base titular. O técnico Marcelo Cabo tem o grupo todo à disposição. Desde ontem os trabalhos são de portões fechados. No início da semana o goleiro Alexandre Cajuru retornou ao Mutange para seguir o tratamento no departamento médico. O fator casa tem dado esperança ao torcedor azulino, que vê a elite do Brasileirão cada vez mais de perto. Com mais 12 pontos, o CSA tem grande possibilidade de acesso. “Pela linha de corte o número de acesso para a Série A hoje está em 62 pontos. Por isso precisamos de quatro vitórias”, disse Cabo.

Com mais sucessos em casa, o Azulão chegaria aos 62 até o fim do campeonato. O clube tem ainda no Rei Pelé: Ponte Preta, Brasil de Pelotas, Atlético-GO e Avaí.

Hoje com 50 pontos o time marujo tem uma margem boa para o quinto colocado (45 pontos). O volante Yuri, acredita que esses números são muito próximos e que o CSA pode melhorar ainda mais.

“É importante que fizemos a nossa parte e os outros times que estão perto empataram ou perderam. Isso foi muito bom. Nós não tínhamos gordura nenhuma e agora temos um pouco dessa gordura de volta. Mas não podemos ficar nisso, nós temos que abrir mais vantagem e aumentar essa gordura para que possamos ter uma tranquilidade maior no final do campeonato”.

Hoje o CSA faz mais um treino de portões fechados. Amanhã já concentra para o jogo de sexta.

Fonte: Tribuna Independente / Editoria de Esporte

Comentários