Esporte

22 de setembro de 2018 18:55

Paysandu empata com Criciúma e não consegue se afastar do Z4

Fernando Timbó fez para o Papão e Liel igualou para o Tigre catarinense

↑ Jogo equilibrado terminou empatado (Foto: Jorge Luiz / Paysandu)

Neste sábado, o Paysandu recebeu o Criciúma, no estádio Curuzu, em partida válida pela 28ª rodada do Brasileiro Série B, e empatou por 1 a 1. O plantel comandado por João Brigatti chega ao terceiro jogo sem perder, com dois empates e uma vitória, enquanto a equipe comandada por Mazola Júnior chega quinto jogo invicto, com três vitória e dois empates.

A partida foi muito aberta, com chances de vitória para ambas as equipes. Quem abriu o placar foi o Paysandu logo aos cinco minutos da etapa inicial, com Timbó. O time da casa ainda teve chances de ampliar a vantagem, mas viu o adversário igualar o marcador aos 34 minutos ainda do primeiro tempo, com Liel. Na segunda etapa, o goleiro Luiz e o travessão salvaram o Carvoeiro. Com isso, a equipe paraense empatou por 1 a 1 com a catarinense.

Com este resultado, o Papão permanece na 16ª colocação, com 31 pontos, enquanto o Criciúma caiu para a 13ª posição, com 36 pontos.

Na próxima rodada, o Paysandu recebe o Goiás, no estádio Curuzu, às 19h15 (de Brasília), na sexta-feira. Já o Criciúma visita o Boa Esporte, no estádio Melão, às 21h (de Brasília), no sábado, dia 29 de setembro.

O jogo

Na primeira oportunidade do jogo, o Paysandu abriu o placar aos 5 minutos da etapa inicial, com Fernando Timbó. Guilherme Santos cruzou rasteiro e achou o lateral-esquerdo, que recebeu livre e chutou forte para marcar o primeiro do Papão.

A equipe da casa ainda teve a chance de ampliar aos 19 minutos do primeiro tempo, com Magno. Nando Carandina desarmou Maranhão no meio de campo e partiu em contra-ataque. O volante deu um passe longo para o atacante, que invadiu a área e chutou cruzado. Porém, o goleiro Luiz fez uma ótima defesa.

O Criciúma empatou o placar aos 34 minutos da primeira etapa, com Liel. O meia Alex Maranhão cobrou escanteio na segunda trave, o volante subiu sozinho e cabeceou para o fundo das redes.

Na segunda etapa, o Papão teve uma boa oportunidade aos 13 minutos, com Mike. Depois de cruzamento, o atacante recebeu a bola e chutou rasteiro. A finalização ainda foi desviada e passou muito perto da meta adversária.

O Tigre respondeu aos 16 minutos, com Joanderson. Após cruzamento, o atacante cabeceou com força, mas o goleiro Renan Rocha fez excelente defesa.

Aos 21 minutos da etapa final o clube comandando por João Brigatti teve uma boa chance, com Pedro Carmona. O meia recebeu na entrada da área e bateu bem, porém a bola bateu no travessão do Criciúma.

No minuto seguinte, os visitantes tiveram uma oportunidade, com Alex Maranhão. Dentro da área, o meia chutou forte, entretanto a bola foi por cima da meta adversária.

Os mandantes responderam aos 29 minutos do segundo tempo, com Hugo Almeida. Depois de cruzamento de Guedes, o atacante cabeceou e a bola acertou o travessão.

FICHA TÉCNICA
PAYSANDU 1 X 1 CRICIÚMA

Local: Estádio Curuzu, em Belém (PA)
Data: 22 de setembro de 2018, sábado
Horário: 16h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Sousa (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo, ambos de SP
Cartão amarelo: Perema, Hugo Almeida (Paysandu) Luiz Fernando (Criciúma)
Cartão vermelho: Não teve

GOLS:
Paysandu: Fernando Timbó, aos 5 minutos do primeiro tempo;
Criciúma: Liel, aos 34 minutos do primeiro tempo;

PAYSANDU: Renan Rocha; Maicon Silva, Perema, Fernando Timbó e Guilherme Santos; Nando Carandina, Willyam (Felipe Guedes) e Pedro Carmona (Alan Calbergue); Magno (Claudinho), Mike e Hugo Almeida.
Técnico: João Brigatti

CRICIÚMA: Luiz; Sueliton, Sandro, Nino, Fábio Ferreira e Iago (Luiz Fernando); Liel, Jean Mangabeira e Alex Maranhão (Andrew); Joanderson (Patrick) e Vitor Feijão.
Técnico: Mazola Júnior.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários