Esporte

22 de setembro de 2018 11:01

CSA busca pontos contra o Guarani em Campinas neste sábado

Azulão sabe que, se perder o jogo, o time de Campinas vai se tornar um novo adversário direto pelo acesso

↑ Guarani bateu CSA no Rei Pelé no primeiro turno por 2x1 e por isso quer revanche no jogo deste sábado (Foto: Itawi Albuquerque / RCortez - Assessoria do CSA)

O CSA tem 46 pontos. O Guarani tem 41. Os dois jogam neste sábado às 19h no Estádio Brinco de Ouro em Campinas. Ao azulão, uma vitória deixa o sonho do acesso mais perto. Ao Bugre os três pontos podem significar um fio de esperança para ingresso no G-4. Para os jogadores do time Marujo é um confronto direto.

“Não tenho dúvidas disso (confronto direto). O Guarani quer brigar na parte de cima e vencendo a gente prejudica nossa escalada. Sabemos que o jogo será muito disputado e eu espero que tenhamos a inteligência de fazer tudo que foi pedido pelo Marcelo (Cabo) e conquistar pontos. Não podemos perder. Temos que pontuar”, disse Daniel Costa.

“Essa briga pelo G4 está muito intensa, equilibrada. Qualquer vacilo pode nos tirar deste grupo dos quatro primeiros colocados. Por isso a necessidade de manter essa intensidade até a última rodada da disputa. Cada jogo é final agora. Temos que continuar com o mesmo ritmo para continuarmos firmes na briga pelo acesso”, analisou Celsinho.

Suspenso, o zagueiro Xandão é desfalque. O atacante Neto Berola faz a transição do departamento médico também está fora.

Do lado também existe confiança. O lateral Kevin apontou que sua equipe enfrentará um duelo difícil diante do CSA e que o time deve focar para tentar procurar os ‘detalhes’ para conseguir a vitória, “Sabemos que será uma sequência difícil com os times que estamos brigando pelo G-4. Vamos pensar jogo a jogo. Temos uma grande partida contra o CSA, teremos que fazer um grande jogo para sair com o resultado positivo. Será uma grande partida, com dois times que brigam pela parte de cima da tabela. É um jogo de detalhes, quem errar menos sairá com a vitória”, apontou Kevin. “Estamos preparados para fazer um grande jogo. A torcida irá nos ajudar muito sendo o 12º jogador e jogar junto com a gente para conquistar a vitória”, completou.

O zagueiro Fabrício comentou que o time deve mostrar logo de cara sua forma de jogar futebol contra o CSA.  “Temos que impor nosso jeito Guarani de ser, de pressionar os caras no campo deles. É nosso habitat, jogamos diante da nossa torcida. É o nosso jeito de jogar, de colocar a bola no chão, jogar e não deixar jogar. É o nosso jeito de ser. As equipes são qualificadas, mas em casa precisamos fazer com que nosso jogo envolva o adversário”, disse.

Times prováveis

Guarani: Agenor; Kevin, Philipe Maia, Fabrício e Pará; Willian Oliveira e Ricardinho; Matheus Oliveira, Rafael Longuine e Jefferson Nem; Bruno Mendes. Técnico: Umberto Louzer.

CSA: Felipe Garcia; Celsinho, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha; Yuri, Pio, Didira, Daniel Costa e Jhon Cley; Rubens. Técnico: Marcelo Cabo.

Outros jogos

16h30 Brasil x Oeste

16h30 Paysandu x Criciúma

21h00 Avaí x Sampaio Corrêa.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH