Esporte

23 de agosto de 2018 00:30

América vence e afunda Sport em plena Ilha do Retiro

Sport precisa conviver com críticas dos torcedores e uma crise pela 16ª colocação, com 20 tentos conquistados

↑ Foto: Reprodução

Ambos na luta contra a parte inferior da tabela do Brasileirão, o América venceu o Sport, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, na Ilha do Retiro, em duelo válido pela primeira rodada do returno do Campeonato Brasileiro.

O resultado mantém o América na mesma colocação inicial da rodada, na 10ª posição, mas agora com 25 pontos. Todavia, a equipe de Adilson Batista, agora, está mais longe do grupo dos quatro últimos colocados. Já o Sport precisa conviver com as críticas dos torcedores e uma crise pela 16ª colocação, com 20 tentos conquistados.

Na próxima rodada, o América recebe o Flamengo, no domingo, às 16h (de Brasília), no Independência. Já o Sport vai ao Engenhão, no sábado, às 21h, no sábado.

Primeiro tempo

O duelo de equipes que lutam na parte inferior da tabela do Campeonato Brasileiro, o mais normal seria perceber times privilegiando a defesa. Isso aconteceu de maneira mais acentuada pelo América.

O Coelho repetiu sua postura defensiva de jogos anteriores. Linhas bem trabalhadas e atletas marcando bastante as chegadas do Sport.

Logo nos primeiros minutos o zagueiro Messias precisou fazer uma falta e, por isso, recebeu o cartão amarelo – cor que o tira do próximo duelo contra o Flamengo.

Apesar de ter a bola mais nos pés, o Sport não conseguia criar grandes oportunidades. Parte disso por causa da grande postura defensiva do Coelho. Por outro lado, o América também tinha dificuldades no seu setor inteligente.

A situação para o técnico Adilson Batista ficou pior quando o perdeu seu camisa 10. O meia Ruy sentiu uma lesão na coxa direita e não teve mais condições de seguir em campo. Diante disso, o técnico Adilson Batista foi obrigado a fazer uma alteração e mudou também o jeito do time jogar. Rafael Moura foi acionado, no entanto, como atacante de referência o clube mineiro ficou sem opções para armação.

Após a saída de Ruy, o Sport cresceu de rendimento. Aos 31, o Leão criou uma chance clara. Em cruzamento da esquerda, Hernane desviou de cabeça e a redonda parou no goleiro João Ricardo.

Segundo tempo

No primeiro minuto da etapa complementar, o América conseguiu marcar seu gol. Em cruzamento na área, Magrão desviou no primeiro pau e na segunda trave, sem goleiro, Luan empurrou para dentro da meta.

O tento deu tranquilidade para o América trabalhar. O Coelho então passava a trocar mais passes e conseguia aproveitar a irritação do Sport.

Aos 21, o atacante Rafael Moura recebeu a bola na área, tabelou com Luan e tocou na saída do goleiro Magrão para ampliar. O tento representou o fim de um jejum longo sem marcar.

Sem forças para superar a defesa do América, restou ao Leão da Ilha as vaias dos torcedores após a partida.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

MAIS NO TH