Esporte

14 de agosto de 2018 17:38

Protesto de torcedores tem agressão e cobranças a jogadores e diretoria do CRB

Feijão, Flávio Boaventura e Mazola foram agredidos pela torcida

↑ Clima ficou bastante quente no CT Ninho do Galo nesta terça (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Em manifestação no Centro de Treinamento Ninho do Galo na tarde desta terça-feira (14) vários torcedores do CRB realizaram cobrança à diretoria e aos jogadores e até agressões contra os atletas, como o volante Feijão, o zagueiro Flávio Boaventura e o atacante Mazola. Após as reclamações por conta da campanha ruim no Campeonato Brasileiro da Série B, no qual o CRB é o 18º colocado, a Polícia Militar foi acionada e o elenco ouviu o que a torcida tinha a dizer.

Em vídeo registrado pelo site Globo Esporte, é possível ver o volante Feijão sendo agredido com socos na cabeça. A manifestação foi iniciada quando os portões foram abertos no momento da coletiva de imprensa com o volante Luiz Otávio.

O clima só foi amenizado após a chegada da Polícia Militar. Foi a partir daí que o treinador Doriva organizou uma comissão de jogadores para dialogar com parte dos torcedores.

O protesto vinha sendo agendado pelas redes sociais e a torcida também realizou pichações nos muros do Centro de Treinamento cobrando não só os jogadores, mas também a diretoria, como o presidente Marcos Barbosa e o diretor de futebol Alarcon Pacheco.

Um dos atletas que encabeçou a conversa com os torcedores foi o goleiro João Carlos. A torcida deixou o Ninho do Galo cerca de meia-hora após o início da manifestação.

O clube segue preparação para enfrentar o Vila Nova na próxima sexta-feira, às 20h30, e tenta se reabilitar na briga contra o rebaixamento. Além da preparação, o clube segue se reforçando. Nesta terça, foram confirmados os nomes do zagueiro Wellington Carvalho, ex-Tombense, e o meia Marcelo Oliveira, ex-Volta Redonda.

Fonte: Tribuna Hoje

Comentários