Esporte

8 de agosto de 2018 08:12

CSA com problemas para escalar Neto Berola

Atacante está em litígio na Justiça mexicana e precisa de liberação do Vera Cruz; Azulão contrata Rubens, ex-Tombense

↑ Neto Berola já está treinando no Mutange, mas ainda não foi apresentado oficialmente como pelo CSA (Foto: Assessoria)

O departamento de futebol do CSA corre para regularizar Neto Berola. Mas não será uma missão simples. Em contato com a reportagem da Tribuna Independente, o supervisor Francisco José explicou o caso.

“O Neto está em litígio com o Vera Cruz, clube mexicano que possui os direitos federativos dele. Ele nos informou que existem falta de pagamento de salários e outros problemas financeiros, por isso o clube ainda não acertou a rescisão. Ele está com um advogado particular no México resolvendo isso. Aqui no CSA temos apenas que aguardar. É caso da Justiça mexicana”, disse Chiquinho.

Neto tem passagens por grandes clubes do Brasil, como Atlético-MG e Santos, e vai brigar por posição no ataque do Azulão. Ele não foi apresentado oficialmente nesta terça-feira (7) junto com Jhon Clay.

O meia que veio do Boa Esporte teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BIF) da CBF e fica à disposição do técnico Marcelo Cabo CSA, para a sequência da Série B. Na sexta-feira, o Azulão enfrenta o Goiás, no Estádio Olímpico, pela 20ª rodada. A tendência é que o jogador apareça entre os relacionados para a partida em Goiânia.

Os dois reforços já participaram de um jogo-treino contra o time do Zumbi no último sábado. Jogaram pelo CSA os atletas que não atuaram diante do Juventude. Jhon Cley e Berola entraram na segunda metade da atividade e marcaram um gol cada. O do atacante foi de pênalti. O Azulão venceu o jogo-treino por 6 a 1.

REFORÇO

Foi confirmado nesta terça mais um reforço pela diretoria, o atacante Rubens, de 24 anos, ex-Tombense. Ele tem 1,94m e deve ser utilizado como referência no ataque, fazendo o pivô, como atuava Michel Douglas, que saiu para o futebol português.

PLANEJAMENTO

Nesta quarta-feira (8), pela manhã, acontece o último treino em Maceió. A tarde a delegação embarca para Brasília e de lá segue de ônibus para Goiânia. Na quinta-feira o último treinamento será no CT do Atlético-GO.

O planejamento do CSA é, primeiro, atingir os 45 pontos e garantir a permanência na Série B. Para isso, o Azulão precisar vencer quatro dos 18 jogos que terá no segundo turno. Com a vitória sobre o Juventude, a equipe chegou a 16ª rodada seguida no G-4 do Brasileiro. O aproveitamento foi de 59,6%.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários