Esporte

9 de maio de 2018 11:15

Exame aponta que Daniel Alves não precisará de cirurgia no joelho

Caso necessitasse do procedimento, lateral estaria fora da Copa do Mundo deste ano

↑ Após a lesão sofrida por Daniel Alves na terça-feira (08), especulou-se até mesmo uma cirurgia, que tiraria o jogador da Copa do Mundo da Rússia (Foto: Reprodução)

Os exames realizados no “American Hospital of Paris”, na manhã desta quarta-feira (09), apontaram que Daniel Alves não precisará passar por cirurgia no joelho direito. Após a lesão sofrida pelo lateral na terça-feira (08), especulou-se até mesmo uma cirurgia, que tiraria o jogador da Copa do Mundo da Rússia.

Conforme informação exclusiva apurada pela correspondente dos canais Esporte Interativo em Paris, Isabela Pagliari, a avaliação médica que Daniel Alves foi submetido apontou um estiramento do ligamento lateral do joelho. Por isso, atleta precisará apenas de tratamento em Paris, por um mês, e poderá estar apto para jogar o Mundial da Rússia.

“Após o traumatismo do joelho direito de Dani Alves, que ocorreu ontem durante a final da Copa da França, os exames realizados hoje mostraram uma alta desinserção do ligamento cruzado anterior com entorse póstero-externo. Sua condição requer um mínimo de 3 semanas de cuidados antes de nova avaliação”, informou a assessoria do jogador, através de nota oficial.

Logo após a final da Copa da França, entre ​Paris Saint-Germain e Les Herbiers, que terminou com vitória por 2 a 0 e título do PSG, Daniel Alves passou por exame preliminar ainda no vestiário. Na avaliação médica, o pior quadro havia sido apontado, o de ruptura no ligamento, o que necessitaria cirurgia e recuperação de até oito meses, algo que acabou não se confirmando.

 

Fonte: Esporte Interativo

Comentários

MAIS NO TH