Esporte

12 de março de 2018 09:39

Zagueiro Dedé chega a sua 300ª partida na carreira

Ele foi o capitão do Cruzeiro neste domingo, contra o Patrocinenses

↑ Dedé chegou ao 101º jogo pelo Cruzeiro e ao 300º na carreira; marca soma as atuações pelo Volta Redonda, Vasco, Cruzeiro e seleção brasileira (Foto: Reprodução)

Em seu segundo jogo como titular desde que voltou após nove meses se recuperando de lesão, Dedé teve a responsabilidade de carregar a braçadeira de capitão na partida contra o Patrocinense, neste domingo (11). Mesmo sem uma boa atuação da equipe cruzeirense no empate em 1 a 1 no Estádio Pedro Alves do Nascimento, pela 11ª rodada do Campeonato Mineiro, Dedé mais uma vez, se mostrou seguro e soberano principalmente nas jogadas aéreas.

A partida deste domingo (11) também teve um gostinho a mais para o zagueiro da Raposa. Dedé chegou ao 101º jogo pelo Cruzeiro e ao 300º na carreira. A marca soma as atuações de Dedé pelo Volta Redonda, Vasco, Cruzeiro e seleção brasileira.

Após a partida, Dedé comentou a atuação da Raposa contra o Patrocinense e lamentou o tropeço da equipe na etapa final, que acabou cedendo o empate para a equipe da casa.

“Vacilo… vacilo nosso. Acho até tranquilo corrigir. Jogamos na quarta-feira, tivemos um campo pesado hoje e um time muito mexido também. Mas a partida foi boa, não tem muito que falar. Tivemos um bom domínio. Mérito para os caras, que correram muito. A gente fez de tudo para sair com a vitória, mas estamos conscientes e, graças a Deus, não perdemos a invencibilidade”.

Com o empate, Cruzeiro e Patrocinense se enfrentam novamente pelas quartas de final do Campeonato Mineiro. A partida acontecerá no sábado (17) ou no domingo (18), no Mineirão, com horário ainda a ser confirmado pela Federação Mineira de Futebol.

Fonte: Esporte Interativo

Comentários

MAIS NO TH