Esporte

11 de novembro de 2017 01:16

Paraná vence Luverdense e respira aliviado dentro do G4

Na próxima rodada, o Paraná Clube enfrenta o Santa Cruz

↑ Imagem: Ilustração

O Paraná Clube fez a lição de casa e venceu o Luversense por 2 a 0, na Vila Capanema, garantindo por mias uma rodada um lugar no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe paranista chegou aos 59 pontos, assumindo a terceira colocação. Já o time visitante, com 40 pontos, ocupa a 16ª posição, ameaçado pela zona de rebaixamento.

O Tricolor abriu a contagem aos 16 minutos da primeira etapa, com Vitor Feijão desviando chute cruzado de Cristovam. Depois do intervalo, Robson, aos 30 minutos, fechou a contagem

Na próxima rodada, o Paraná Clube enfrenta o Santa Cruz, terça-feira, no Arruda, em Recife. Já o Luverdense encara o Boa Esporte, no mesmo dia, no Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde.

O jogo – O Luverdense assustou logo no primeiro minuto, com Sergio Mota arriscado de longe e dando trabalho para Richard, que mandou para escanteio. Os pontos eram importantes para o time de Lucas do Rio Verde e, aos seis minutos, Rafael chegou pela ponta e cruzou para a zaga paranista afastar o perigo. O troco veio aos 11 minutos, com Renatinho, que chutou colocado para defesa de Diogo Silva.

O Tricolor acordou e voltou para o jogo. Até que, aos 16 minutos, Cristovam arriscou o chute cruzado e Vitor Feijão apareceu no meio do caminho para empurrar para as redes e abrir o placar. Aos 22 minutos, Sergio Mota abriu espaço e mandou mais um chute forte, desta vez carimbando a trave. Na sobra, Rafael Ratão parou em Richard.

A partida estava totalmente aberta e, aos 30 minutos, Renatinho fez a jogada e rolou para João Pedro, que carimbou o travessão. A principal arma a equipe visitante ficava por conta do chute forte de Sergio Mota, que tentou mais uma vez aos 37 minutos, pela linha de fundo. O torço veio com Igor Maidana, aos 40 minutos, subindo no meio da defesa para testar para fora, com perigo.

Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem modificação. Aos dois minutos, Sergio Mota cobrou falta e Gabriel Dias se esticou para tirar da área. A partida voltou mais truncada, com muita marcação. Aos 10 minutos, Eduardo Brock cobrou falta com força, Diogo Silva espalmou e, no rebote, Vitor Feijão parou no goleiro.

O Luverdense chegou com perigo, aos 16 minutos, mais uma vez com Sergio Mota, que chutou da entrada da área, por cima da meta, pertinho do travessão. A resposta veio no minuto seguinte, com Gabriel Dias, que recebeu de Vitor Feijão e finalizou para fora, desperdiçando uma boa oportunidade para ampliar.

Para não ter sofrimento e definir a vitória, aos 30 minutos, Renatinho recebeu na para e tocou para trás, para Robson, que chegou enchendo o pé para estufar a rede e marcar o segundo do Paraná. Aos 35 minutos, Rafael Silva recebeu em total liberdade e chutou para grande defesa de Richard. Sergio Mota ainda tentou um chute, aos 45 minutos, mas sem direção. Vitória providencial do Tricolor da Vila.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

MAIS NO TH