Esporte

12 de julho de 2017 17:26

Campeão alagoano de futebol digital se prepara para competição nacional

Paulojacintense Robério Santos conquistou o título no último domingo onde competiu com 128 ciberatletas

A maioria dos garotos sonha em ser jogador de futebol profissional. Robério Santos, vigilante, também tinha esse sonho desde muito cedo e hoje com 26 anos ele pode dizer que o sonho foi realizado. Mas os lances do atleta não é nos gramados, Robério é o atual campeão alagoano no Campeonato de Futebol Digital e Virtual do Estado.

Robério conquistou o título no último domingo (9). 128 Ciberatletas do estado participaram da competição. O campeão alagoano se prepara agora para disputar o 12º Campeonato Brasileiro de Futebol Digital e Virtual que acontecerá em Brasília, nos dias 23 e 24 de setembro, onde estarão os melhores jogadores do país.

De acordo com ele, a rotina de treinos está para concorrer à disputa. Reserva 4 horas por dia para treinar. “A emoção de ser o campeão alagoano foi algo inexplicável, nunca vivi tamanha emoção como essa do domingo. A conquista do campeonato alagoano era um sonho de criança. Agora vou me preparar ao máximo para o brasileiro”, expôs o jogador.

INÍCIO

Robério contou para a reportagem do Tribuna Independente que o mundo dos games entrou cedo em sua  vida. Desde criança ele já observava os amigos jogando e começou a jogar também lá mesmo no município de Paulo Jacinto onde mora. Na cidade ele também conseguiu os patrocínios para os gastos de viagem, inscrições nos campeonatos e para treinar.  

O jovem “atleta” sabe a importância de suas conquistas e com humildade agradece aos amigos. “Agradeço aos meus amigos e patrocinadores por todo o apoio. Minha paixão pelo mundo dos games começou aos oito anos de idade. Eu sempre tive como grandes incentivadores três jogadores de Paulo Jacinto, o Genilson Silva de França, Jean Eduardo e Hakab, e atualmente o Sávio e Felipe Pedrosa”, ressaltou.

VICE-CAMPEÃO

Em 2015, Robério Santos disputou a vaga no campeonato estadual com 80 ciberatletas e foi vice-campeão alagoano. Ele conseguiu uma das duas vagas disponíveis para o estado e foi representar Alagoas no 10º CBFD em Brasília, onde foi eliminado na primeira etapa por causa do nervosismo em ser o primeiro campeonato nacional.

O jogador contou que sua maior dificuldade em 2015 foi ter adoecido no período de mata a mata, mas, que mesmo assim se recuperou e conquistou uma vaga. Robério também comentou que uma vitória importante foi ter ganhado do bicampeão alagoano Ewersson Portela nas quartas de finais, e nas semifinais do Daywid de Arapiraca, que era seu rival direto nos jogos.  “Daywid ganhou de 2 a 1 a primeira partida e na segunda partida eu ganhei dele por 3 a 1, isso foi gratificante em minhas conquistas.” Ressaltou o atleta.

O primeiro campeonato de futebol digital que disputou foi em 2013. Perdeu nas semifinais para o melhor jogador do País na época o Alisson Blake de Pernambuco. Ano passado, realizou o sonho quando se tornou o vice-campeão alagoano e ter disputado o campeonato Brasileiro.

Esse é o maior evento anual de futebol digital realizado pela Confederação Brasileira de Futebol Digital e Virtual – CBFDV.  Em agosto do ano passado 64 participantes de 25 estados brasileiros participaram do campeonato com um único objetivo em mente, ganhar a disputa e torna-se o campeão brasileiro da modalidade. Agora o campeão alagoano quer trazer o troféu nacional para Alagoas.

Comentários