Esporte

8 de maio de 2017 18:01

Direção do CSA confirma que Ney da Matta será técnico do clube para a Série C

Mineiro substitui Oliveira Canindé, dispensado após derrota na final do Alagoano

A direção do CSA confirmou o que estava sendo cogitado desde a demissão de Oliveira Canindé: Ney da Matta, que trabalhou recentemente no Campinense, é o novo treinador do time azulino para o Campeonato Brasileiro da Série C. O nome do treinador e de 13 reforços foram anunciados pelo diretor Raimundo Tavares em coletiva no Centro de Treinamento do Mutange.

As mudanças também ocorrerão na comissão técnica. O único que fica para o Brasileiro é Jadson Oliveira, que é analista de desempenho e já trabalhou com Ney da Matta no Boa Esporte, em campanha que terminou com o acesso dos mineiros para a Série B. Ele chega a Maceió nesta segunda à noite. A apresentação ocorre na terça-feira (9) às 15h.

Reforços, manutenções e dispensas

Foram anunciados 13 novos reforços para a Série C. O goleiro Dalton (ex-Rio Branco-PR), o lateral direito Dick (ex-URT), os zagueiro Ramon (ex-Coritiba) e Jorge Fellipe (ex-Madureira),  os volantes Boquita (ex-Brusque), Cristiano (ex-CEO) e Daniel Pereira (ex-Bragantino), os meias Rosinei (ex-Almirante Barroso) e Caíque (ex-Novorizontino), além dos atacantes Michel (ex-Brusque), Jonathan (ex-Santa Rita), Lessinho (ex-ASA) e Gustavinho (ex-Veranópolis).

Os goleiros Mota e Alexandre Cajuru, os laterais Celsinho e Rafinha, o zagueiro Thales, os volantes Dawhan e Marco Antônio, os meias Daniel Costa e Didira e os atacantes Thiago Potiguar, Vanger e Cleyton ficam no CSA.

Saem do CSA o goleiro Jeferson, os zagueiros Mateus Lima e Douglas Marques, o volante Panda, os atacantes Jacó, Jeam e Luís Soares.

Histórico do treinador

Ney tem 51 anos e viveu o auge da sua carreira na temporada passada, quando levou o Boa esporte ao título da Série C do Campeonato Brasileiro. Mineiro de Ipatinga, ele começou sua carreira em Minas Gerais, onde treinou vários clubes: Ipatinga, Valeriodoce, Democrata de Sete Lagoas, Uberlândia, Araxá, Tricordiano e Tombense, além do Boa Esporte. Seu último clube foi o Campinense, de onde saiu em abril deste ano. Ele ficou apenas três semanas sem clube.

Mas Ney da Matta tem também trabalhos em várias outras agremiações Brasil afora. Depois de iniciar a carreira no Tupi, em 1998, ele rodou vários estados brasileiro, passando por CRB, Sampaio Corrêa, Vila Nova-GO, Linense e Brasiliense, por exemplo. Antes da conquista da Série C, no ano passado, havia sido campeão apenas da Taça Minas Gerais em 2011, pelo Ipatinga.

Nos últimos cinco anos, trocou de clube várias vezes. De 2012 para cá, passou por nada menos que 10 clubes, sendo que, nesse período, acumulou duas passagens pelo Ipatinga e três pelo Boa Esporte. Também comandou Brasiliense, Vila Nova, Araxá, Anápolis, Tricordiano, Tombense e Guarani nesse intervalo de tempo.

No CSA, Ney da Matta chega para substituir o técnico Oliveira Canindé, que foi demitido nesta segunda-feira.

Fonte: Tribuna Hoje

Comentários