Esporte

25 de abril de 2017 09:49

Finalistas, CSA e CRB iniciam treinamentos para grande decisão do Alagoano 2017

Mandante do primeiro jogo, Galo começa a vender hoje os ingressos para a partida deste domingo às 16h no Rei Pelé

Literalmente iguais. CSA e CRB chegaram nesta etapa do Campeonato Alagoano com uma diferença de apenas três gols de saldo.  Na segunda-feira (24) todos ganharam folga. Hoje começam os treinos. Os dois jogos finais serão cpm torcida única. A primeira com mando do Galo, está marcada para domingo, às 16h, no Rei Pelé. O Azulão é o mandante da segunda por ter feito esses três gols de saldo. Este jogo será disputado também no Trapichão, dia 7 de maio.

O CSA perdeu dois jogadores para a primeira partida da final. O meia-atacante Thiago Potiguar foi expulso contra o ASA, e o goleiro Mota recebeu o terceiro amarelo. Devem ser substituídos por Cleyton e Jefferson, respectivamente. Outro problema é o zagueiro Thales, que sofreu uma torção no tornozelo direito neste domingo e vai ser avaliado pelos médicos do Azulão. O CRB não tem jogadores suspensos e ainda espera contar com o meia Sérgio Mota e o atacante Elias, que se recuperam de lesão.

Segundo o regulamento divulgado pela Federação Alagoana de Futebol (FAF), não existe vantagem na fase que define o campeão estadual de 2017. Em caso de dois resultados iguais, os times disputam a prorrogação em dois tempos de 15 minutos. Se não houver vencedor após o prolongamento, o troféu fica para a melhor equipe na disputa por pênaltis.

COPA DO NORDESTE

Para 2018 o principal campeonato regional do Brasil terá 16 clubes. A definição deles será feita da seguinte maneira: os nove campeões estaduais e os três vice-campeões das federações melhor ranqueadas na CBF (Bahia, Pernambuco e Ceará, no momento) já se classificam diretamente. Além deles, outros quatro times virão de uma espécie de pré-Nordestão, que será disputado em jogos mata-mata.

A fase eliminatória contará com os outros seis vice-campeões nordestinos, mas os terceiro colocados dos Campeonatos Baiano e Pernambucano.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH