Esporte

6 de abril de 2017 11:09

Na Justiça, CRB pede acesso de sua torcida no clássico contra o CSA

Clube entra com mandado de garantia no TJD e quer 30% de ingressos para o clássico deste domingo contra o CSA

Poderemos ter um clássico domingo entre CSA e CRB com duas torcidas. Após muitas polêmicas, a direção regatiana fez uma consulta à Federação Alagoana de Futebol sobre a existência de alguma ordem judicial para que o jogo fosse apenas com azulinos. A FAF disse que não, através de ofício.

Por isso o advogado regatiano Mário Peixoto entrou ontem com um mandado de garantia no Tribunal de Justiça Desportiva de Alagoas (TJD), para que o clube do Mutange colocasse ingressos á disposição dos torcedores regatianos.

A Tribuna Independente teve acesso ao documento e ele cita “ato ilegal e abusivo do presidente Rafael Tenório”.

O parecer do tribunal deve ser conhecido nesta quinta-feira, pois na sexta já acontece a reunião de planejamento de segurança no Comando de Policiamento da Capital (CPC).

Os ingressos estão sendo vendidos ao torcedor do CSA ao preço de R$ 15 arquibancada baixa, R$ 25 altas e R$ 50 cadeiras, em pontos tradicionais do azulão.

SUB-20

A equipe sub-20 do CRB estreia na Copa do Brasil da categoria na sexta-feira. O adversário do Galo será um dos principais clubes do Brasil: o Flamengo. O confronto está marcado para o Estádio Rei Pelé, às 21h30, e a diretoria espera um bom público para incentivar os jovens jogadores alvirrubros. O valor do ingresso foi definido nesta terça. O torcedor que quiser acompanhar o duelo precisará desembolsar R$ 10,00 pela entrada, o sócio-torcedor regatiano tem a entrada franca. Apenas as arquibancadas altas serão liberadas para o público. A torcida do Rubro-Negro ocupará o setor do placar eletrônico.

Jogadores do CSA aprovam o clássico com as duas torcidas

A polêmica acontece fora de campo, mas os jogadores do CSA não fogem da opinião. Todos os entrevistados esta semana escalados pela assessoria falaram que preferem ver o clássico com as duas torcidas. “É mais bonito para o futebol, mas isso é uma coisa que não pode nos influenciar dentro de campo”, disse Thiago Potiguar.

“É bom com duas torcidas, mas sem ter briga e confusão. Independente de ser com uma ou duas, temos que ir lá, jogar e sair com a vitória”, revelou o atacante Jacó.

Em quarto lugar no hexagonal, o Azulão precisa da vitória no clássico para se aproximar dos líderes. O técnico Oliveira Canindé conta com o retorno dele (Jacó) e também do lateral Celsinho e do zagueiro Douglas Marques. O zagueiro Leandro Souza cumpre suspensão pelo terceiro amarelo.

“Precisamos ter mais tranquilidade. Errei a passada e a finalização, ia dar no outro canto, mas acabei chutando errado. É normal também, não vou me crucificar, errar é humano, assumo o erro. É trabalhar que uma hora vai dar certo”, destacou.

Hoje o time faz mais uma sessão de treinos fechados no período da tarde. Canindé só revela os titulares momentos antes dos jogos.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH