Esporte

8 de novembro de 2016 20:53

CRB vence o Tupi fora de casa e se aproxima do G4 da Série B

Galo chegou aos 55 pontos com a vitória fora de casa, apenas um ponto atrás do Bahia

O CRB não deu chances para o azar e venceu o Tupi por 4 a 3 nesta terça-feira (8), no Estádio Mário Helênio, na abertura da 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com três gols de Welinton Junior, o time alagoano manteve acesa as esperanças de conseguir o acesso à primeira divisão. Na outra ponta da tabela, o Tupi se vê afundado na zona de rebaixamento com possibilidades de salvação cada vez mais distantes. O Galo dominou o confronto desde o começo e abriu o placar logo aos 19 minutos, depois de boa tabela entre Diego e Neto Baiano, que sobrou livre para o lateral-esquerdo bater na saída de Rafael Santos. Aos 39, foi a vez de Welinton Junior receber bom lançamento de Flávio Boaventura e mandar para as redes.

Na volta para a segunda etapa, o ritmo não mudou. Aos 5, Welinton Junior recebeu de Neto Baiano e concluiu para o gol. Aos 16, o atacante concluiu livre cruzamento de Bocão para marcar o seu terceiro gol na partida. No final da partida, o Tupi ainda esboçou uma reação. Aos 29, Hiroshi aproveitou falha de Perry e bateu cruzado direto nas redes. Dois minutos depois, Marcos Serrato recebeu de Jonathan e concluiu no canto de Júlio César. O time ainda marcou o terceiro com Sávio, mas não conseguiu a reação necessária para ir atrás do empate.

O Galo chegou aos 55 pontos com a vitória fora de casa, apenas um atrás do Bahia, quarto colocado e que entrará em campo ainda nesta terça-feira. O Tupi, por sua vez, estacionou na penúltima colocação com 30 pontos, sete a menos do que o Oeste, primeiro time fora da zona de rebaixamento. O time mineiro pode ser matematicamente rebaixado já na próxima rodada.

O jogo – Mesmo atuando fora de casa, o CRB não se intimidou e começou bem. Aos 9 minutos, após cobrança de escanteio de Pery, Neto Baiano subiu mais do que todo mundo, cabeceou firme para o gol e obrigou Rafael a fazer uma grande defesa. Embalado, o clube alagoano foi para cima e chegou a marcar aos 15 com Neto Baiano, mas o árbitro acusou impedimento.

Sem deixar o ânimo cair, o CRB se manteve no ataque e abriu o placar aos 19. Diego tabelou rápido com Neto Baiano, recebeu de volta livre dentro da área, ajeitou e bateu na saída de Rafael Santos direto para as redes.

Apesar da pressão dos visitantes, o Tupi conseguiu criar algumas chances de empatar. Aos 31, Hiroshi jogou a bola na área e, depois de bate e rebate, ela sobrou limpa para Jonathan, que chutou com muita força, mas para fora. Pouco depois, foi a vez do próprio Hiroshi arriscar de fora da área com perigo.

Sem querer vacilar, o CRB tratou de ampliar a vantagem. Aos 39, Flávio Boaventura descolou ótimo lançamento, ainda do campo de defesa, nas costas da defesa do Tupi para o Welinton Junior, que aproveitou o espaço e finalizou cruzado.

Logo na volta para a segunda etapa, o time alagoano marcou o terceiro. Aos 5, Welinton Junior recebeu ótima assistência de Neto Baiano, deixou Gabriel Santos para trás e bateu no canto direito de Renan. Com três a zero no placar, o desânimo na equipe do Tupi ficou evidente.

Jogando praticamente sem oponente, o CRB não perdoou e continuou no ataque. Aos 16, Bocão recebeu na direita, partiu com muita liberdade e tocou para Welinton Junior, sozinho na entrada da área, apenas empurrar para as redes. Esse foi o terceiro gol do atacante na partida.

Aos 29, o Tupi deu sinais de reação. Peri falhou, Hiroshi recebeu com liberdade e bateu cruzado para marcar o primeiro dos donos da casa. Com novo ânimo, o Galo Carijó subiu e marcou o segundo aos 31, quando Marcos Serrato recebeu livre de Jonathan e bateu no canto de Júlio César.

Lançando-se com tudo para o ataque nos últimos minutos, o Tupi ainda conseguiu marcar o terceiro. Aos 44, Luiz Paulo cruzou da esquerda, encontrou Sávio dentro da área e o meia colocou na rede. Apesar dos esforços, o Tupi não teve pernas para correr atrás do resultado e amargou a derrota em casa.

Comentários

MAIS NO TH