Entretenimento

7 de dezembro de 2021 16:13

Artivista Futurista Afro Indígena LGBTQIAP+ Allexandrëa lança site

Projeto do multiartista foi aprovado em editais da Lei Aldir Blanc Blanc através da Secretaria Especial de Cultura do Estado de Alagoas

↑ Multiartista Allexandrëa (Foto: Divulgação)

A partir das 19 horas do dia 8 de dezembro o site https://www.allexandrea.com estará no ar e este projeto do multiartista Allexandrëa foi aprovado em editais da Lei Aldir Blanc Blanc através da Secretaria Especial de Cultura do Estado de Alagoas. No próximo ano teremos também o lançamento do DVD SHOW MUSICAL: MAR ADENTRO CANÇÕES E POESIAS PRA IEMANJÁ nas plataformas digitais, “por isso é tão importante o lançamento no site no dia em que os Alagoanos se reverenciam a Iemanjá” dia Alexandrëa. Lançaremos também em 2022 o projeto OIÁ TRANSATLANTICA um espetáculo itinerante que percorrerá alguns bairros de Maceió.

Allexandrëa é alagoano, ator, pesquisador, performer, intérprete criador, produtor, realizador audiovisual, curador, facilitador de trabalhos corporais e psicólogo. Ganhador do Prêmio Cultural “MESTRE ZUMBA” em junho de 2020. Estudou Interpretação na (ETA/UFAL), 1998 e no Instituto Tá na Rua (RJ), 2007 – 2009 sob a direção de Amir Haddad, graduado em Psicologia (PUC-Rio), 2015.1 com pesquisa em Artes, Design e tecnologia.

Em seus projetos Allexandrëa se utiliza da performance como fio condutor em seus trabalhos. Busca a potência dos encontros que o auxiliem a levantar questões que toquem o sensível e cocriem processos criativos de investigação e pesquisa em busca de expansões futuristas afro e indígenas desejoso em apresentar a riqueza de seus ancestrais. Se utilizando de sonhos, intuição, entre outras ciências e saberes na perspectiva das cosmovisões Afro brasileiras e indígenas.

Ganhador do prêmio de melhor (performance e dança) no Festival Experimental de Cinema em Toronto – 2016, como protagonista do curta-metragem “Ícaro” de Carla Shah, é um dos protagonistas do longa “Cavalo”/ 2020, que integrou a lista dos 15 filmes habilitados para disputar a indicação de representante do Brasil no Oscar 2022 , tem em seu currículo mais 4 filmes, é protagonista do clipe Guria.

Assina sua primeira direção audiovisual, o curta: “Namorador”/2021, contemplado com prêmio FUNARTE 2020 #ARTERESPIRO. Ganhador do prêmio Arlequim de melhor ator coadjuvante no Festival de Teatro da cidade do Rio de Janeiro – 2014, com a peça “Coiteiros de Paixões”, de Luiz Felipe Botelho. Em 2021, foi curador do Festival Alagoanes de cinema, em comemoração aos CEM anos do cinema alagoano.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH