Entretenimento

3 de dezembro de 2021 15:56

Rígidos protocolos de segurança serão adotados na abertura do verão do Summer Club

Show do cantor Péricles vai acontecer neste domingo, 5 de dezembro, na praia de Jacarecica

↑ Summer Club adota rígidos protocolos contra a Covid-19 (Foto: Divulgação)

O mundo voltou a discutir a possibilidade do aumento de casos da Covid-19, agora provocados pelo surgimento da variante Ômicron. Em Alagoas, a comunidade científica já está de olho em possíveis casos de pessoas contaminadas. Por isso, os produtores de grandes shows, já estão tomando todas as precauções para que os eventos possam acontecer, dentro de um rígido protocolo de segurança. Para o show do cantor Péricles, por exemplo, que vai acontecer neste domingo, 5 de dezembro, no Summer Club, na praia de Jacarecica, o acesso só será permitido com a apresentação obrigatória do comprovante de vacinação contra COVID-19 das duas doses ou, no mínimo, a primeira dose e teste PCR. O comprovante, no entanto, pode ser físico ou digital, que está disponível no aplicativo Conecte SUS.

Já para essa apresentação, após um longo período silenciado, os palcos de todo o país começam a ganhar vida com os shows que retornam à rotina dos brasileiros. E seguindo todas as medidas de segurança, no dia 05 de dezembro, no Summer Club Jacarecica, Péricles apresentará o show da turnê ‘Tô Achando Que é Amor´.

Lançado em agosto de 2020, o álbum contou com 15 músicas inéditas, duas regravações e a participação especial de Projota. As faixas de destaque de cada etapa da divulgação e a parceria com o rapper vieram com videoclipes, algo que Péricles não produzia há quase quatro anos.

Com mais de 600 milhões de visualizações no YouTube, 2.17 milhões de inscritos no seu canal oficial, 4.6 milhões de seguidores no Instagram, 3 milhões de ouvintes mensais no Spotify, 1.3 milhões de seguidores no Tiktok, 28 projetos musicais lançados, mais de 15 milhões de discos vendidos e milhões de streamings, ao longo dos seus 35 anos de carreira, Péricles é o grande porta-voz do mais brasileiro dos ritmos: o samba e o pagode.

Fonte: Tribuna Hoje / Texto: Claudio Bulgarelli - Sucursal Região Norte

Comentários

MAIS NO TH