Entretenimento

3 de dezembro de 2021 17:13

‘La Casa de Papel’ se despede do público com temporada cheia de emoções

Série espanhola estreia seus cinco últimos episódios nesta sexta-feira (3)

↑ Foto: Divulgação/Netflix

Após quatro anos de planos mirabolantes, reviravoltas e muitas emoções, o fenômeno “La Casa de Papel” ganha um ponto final. A segunda parte da quinta e última temporada da série espanhola chega nesta sexta-feira (3) à Netflix, apresentando ao público o desfecho de uma das tramas de maior sucesso na plataforma de streaming.

Os cinco episódios finais mostram a conclusão do assalto ao Banco Central da Espanha. Após dolorosas perdas, a equipe do Professor (Álvaro Morte) trama uma nova estratégia para retirar o ouro do local, enquanto segue na mira de um sanguinolento grupo de elite do exército espanhol.

Despedida emocional

Segundo Álex Pina, criador da série, essa é a temporada mais carregada de emoção. “Trouxemos muitas respostas emocionais sobre os personagens, que ajudam a compreendê-los melhor. As sequências que mais gosto da série inteira estão nesses últimos episódios”, adiantou o showrunner, durante uma coletiva de imprensa realizada virtualmente.

Sobre a produção de novos volumes da atração, o produtor foi taxativo ao afirmar que essa possibilidade não existe. De acordo com ele, o roteiro não deixa brechas para continuações. “Acabar agora é uma forma de presentear os fãs com o que eles merecem. Nós demos o nosso melhor”, afirmou o ator Álvaro Morte.

Apesar do destino trágico de sua personagem na primeira leva de episódios desta temporada, Úrsula Corberó ainda aparecerá na série. A atriz revelou que ficou feliz com o final da impetuosa Tóquio na trama. “Não sei se deveria dizer isso, mas eu queria que acontecesse dessa forma. Conversamos muito sobre o assunto. Acho muito poético quando ela fala sobre ter vivido várias vidas”, disse.

Do fiasco ao sucesso

“La Casa de Papel” percorreu uma trajetória improvável. Quando estreou, em 2017, na rede espanhola TV Antena 3, seus índices de audiência não foram dos mais animadores e ela acabou cancelada. Mesmo assim, a Netflix resolveu apostar na produção, comprando seus direitos e transformando os episódios iniciais em duas temporadas. Em pouco tempo, a atração se transformou em uma das mais assistidas ao redor do mundo.

Foi o primeiro grande sucesso do serviço de streaming não falado em língua inglesa, desbancando obras como a norte-americana “Stranger Things”. Embora a plataforma não divulgue seus números de audiência, já foi revelado que a quarta parte da trama foi vista por mais de 65 milhões de assinantes. Para além dos números, a série demarcou seu espaço na cultura pop. Os macacões vermelhos e as famosas máscaras de Salvador Dalí utilizadas pelos ladrões da trama, agora, estampam diferentes produtos e viraram fantasia de Carnaval. Já a clássica canção “Bella Ciao” voltou às paradas de sucesso, ganhando inúmeras versões, até mesmo em ritmo de funk.

Acabou, mas continua

Embora novas temporadas de “La Casa de Papel” estejam descartadas por enquanto, os fãs do seriado não ficarão órfãs. Isso porque, no embalo da despedida, a Netflix aproveitou para anunciar algumas novidades. Uma delas é do spin-off “Berlim”, focado no ladrão vivido por Pedro Alonso, para 2023. A outra é a estreia, ainda em 2022, de uma versão coreana da série, com a presença de Park Hae-soo, astro de “Round 6”, no elenco.

Fonte: Folha de Pernambuco

Comentários

MAIS NO TH