Entretenimento

23 de julho de 2021 18:21

Após ser exposto, Nego do Borel acusa Duda Reis de cometer mais de 30 crimes

O cantor alega que a atriz só queria prejudicar a sua imagem ao revelar detalhes das agressões sofridas

↑ Foto: Reprodução/Instagram

Após a conturbada separação entre Nego do Borel e Duda Reis, envolvendo agressões psicológicas, físicas, ameaças e até mesmo doença sexualmente transmissível, o cantor entrou com uma ação na Justiça contra a atriz e a acusou de 31 crimes de calúnia, injúria e difamação.

A queixa crime foi protocolada no último dia 12, na 38ª Vara Criminal do Rio de Janeiro. O cantor já havia realizado um processo semelhante antes, pedindo que a ex-noiva fosse proibida de citar o seu nome, mas não obteve êxito.

Segundo o jornalista Alessandro Lo Bianco, do portal IG, o funkeiro alega que, após o término, Duda postou vídeos nas redes sociais visando prejudicar a sua imagem. Além disso, nos autos processuais, Borel destacou que só se posicionou dias depois das acusações, em janeiro deste ano, porque foi pressionado pela mídia.

De acordo com o colunista, o famoso não quer calar a vítima em relação aos possíveis abusos sofridos e denunciados. Entretanto, ele diz que o que Duda fez não foi conscientizar as mulheres, e sim praticar um crime.

Fonte: Ibahia

Comentários

MAIS NO TH