Entretenimento

22 de dezembro de 2020 16:17

Zeca viverá um inferno após armação de Rubinho: até Jeiza será prejudicada

Caminhoneiro será vítima de uma armação planejada por Rubinho (Emilio Dantas) e Sabiá (Jonathan Azevedo) e passará por um verdadeiro martírio.

↑ Foto: Reprodução/TV Globo

A vida não será nada fácil para Zeca (Marco Pigossi) nas próximas semanas de “A Força do Querer”. O caminhoneiro será vítima de uma armação planejada por Rubinho (Emilio Dantas) e Sabiá (Jonathan Azevedo) e passará por um verdadeiro martírio. Preso injustamente, a situação de Zeca bagunçará até a vida de Jeiza (Paolla Oliveira).

O drama começa quando Zeca combina de encontrar Jeiza nos EUA, enquanto a policial trabalha na carreira de lutadora profissional. Os planos do encontro serão interrompidos quando o personagem é barrado pela Polícia Federal. Interrogado por casa de uma foto com um caminhoneiro, Zeca será acusado de envolvimento no tráfico e irá preso.

E quem vai gostar da notícia é Rubinho: ao ficar sabendo que o boy de Jeiza está preso, o bandido fará questão de tornar tudo ainda pior para ele e chamará Sabiá para ajudar na missão. Assim, eles conseguirão fazer com que Zeca seja identificado como membro de uma quadrilha, o que fará com que o caminhoneiro continue com a ficha suja mesmo depois de sair da prisão.

Zeca e Jeiza

Além de passar por tudo isso, Zeca ainda ficará decepcionado com a ausência de Jeiza: a lutadora será enrolada por Alan (Raul Gazolla) e vai demorar para descobrir que o namorado foi preso. Ao pegar uma conversa do treinador, ela o pressionará e, só então, ficará sabendo que Zeca foi acusado de envolvimento com traficantes.

Extremamente abalada e sofrendo com a notícia, Jeiza tomará uma decisão drástica: a policial vai desistir da carreira como lutadora e fará as malas para voltar ao Brasil. Ao chegar, ela fará as pazes com Zeca, mas o futuro do casal ficará em risco com a aproximação de Ritinha (Isis Valverde), que deixará o caminhoneiro balançado após visitá-lo na prisão.

Fonte: Vix / Aline Pereira

Comentários

MAIS NO TH