Entretenimento

19 de novembro de 2020 17:13

Ator Michael B. Jordan é eleito homem mais sexy do mundo pela revista People

O ator de 33 anos que interpretou um vilão em 'Pantera Negra' afirma que "é um bom clube para se fazer parte'

↑ Foto: Divulgação
O ator Michael B. Jordan, mais conhecido por ter interpretado o vilão Erik “Killmonger” Stevens em Pantera Negra, foi eleito o homem mais sexy de 2020 segundo a revista People. “É uma sensação legal. Sabe, todo mundo sempre fazia aquela piada, tipo, ‘Mike, essa é a única coisa que você provavelmente não vai conseguir’. Mas é um bom clube para fazer parte”, afirmou ele em entrevista à revista People.

  •  

Em 2013 o ator foi destaque no primeiro portfólio anual Ones to watch, da People, por seu desempenho aclamado pela crítica no filme Fruitvale Station: A última parada. No Instagram, o ator compartilhou a foto da capa da revista e comentou: “Minha avó está olhando para baixo e dizendo, ‘esse é o meu bebê’. Obrigado por me nomear o homem mais sexy, People”.

Jordan teve um destaque neste ano por ser ativo no movimento Black Lives Matter e no período das eleições. Tenho escolhido meus momentos para causar o maior impacto. Todos nós podemos agir – grandes ou pequenos – para ajudar a criar a mudança que queremos ver.”
Ainda segundo o ator, as mulheres da família dele estão muito orgulhosas com o novo posto. “Quando minha avó era viva, era algo que ela colecionava, e então minha mãe naturalmente lia muito e minhas tias também. Este é um lugar para o qual eles definitivamente terão um lugar especial.”
Jordan não é o primeiro negro a entrar na lista e ser eleito o mais sexy. No ano passado, o cantor John Legend foi eleito pela revista o homem mais sexy do mundo. Já em 2018, o ator Idris Elba foi o escolhido para o posto.
Confira os vencedores dos últimos anos:
  • 2013: Adam Levine
  • 2014: Chris Hemsworth
  • 2015: David Beckham
  • 2016: Dwayne ‘The Rock’ Johnson
  • 2017: Blake Shelton
  • 2018: Idris Elba
  • 2019: John Legend
  • 2020: Michael B. Jordan

Fonte: Uai.com / Victória Olímpio

Comentários

MAIS NO TH