Entretenimento

25 de fevereiro de 2020 12:03

Foliões da Ponta Grossa comemoram realização do Carnaval

Confira também a programação para o último dia de folia

↑ Bloco Carnavalesco durante o frevo na Praça Moleque Namorador (Pei Fon/Secom Maceió)
A Caravana Cultural do Pinto da Madrugada levou alegria aos foliões da Ponta da Grossa e Pontal da Barra nessa segunda-feira (24). A programação do Carnaval de Maceió na Praça Moleque Namorador resgatou a tradição dos anos 50 e os moradores e comerciantes comemoram a movimentação no bairro. A animação continua nesta terça-feira (25) nos oito polos espalhados pela capital. Confira a programação aqui.
Nos intervalos das vendas, a comerciante Josineide Souza dos Santos entrava no ritmo de Carnaval. A chegada do período carnavalesco foi sinônimo de bons negócios para a moradora da Ponta Grossa. Do ponto comercial, ao lado palco, deu pra ver toda animação. “O carnaval daqui está sendo maravilhoso, muito organizado e com segurança. Eu não esperava que fosse assim. Sou comerciante, ganho um pouco a mais e ainda danço e faço a festa no meu ponto”, comemora. “Vai ser assim até o final”, garantiu a comerciante.
Assim como Josineide, vários ambulantes comemoram a movimentação na Praça Moleque Namorador. Até crianças, em seus primeiros passos já têm o contato com o frevo. Gente de toda idade se divertiu com a folia de carnaval. E para quem mora no local, a casa vira até camarote durante as atrações. A presença da Caravana Cultural do Pinto da Madrugada com o Rei Momo e a Rainha do Carnaval agitou os moradores durante a programação dessa segunda-feira (24).
O organizador do Polo Ponta Grossa é o aposentado Petrúcio dos Santos. O líder comunitário lembrou a importância de uma festa própria no bairro. “Está sendo mil maravilhas com muita diversão, folia e tudo na paz. Toda noite temos diversas atrações e está muito bom. O carnaval descentralizado é importante, porque a comunidade não precisa se deslocar para outro bairro, pelo contrário, fica aqui mesmo. Isso é bom para os ambulantes, pois movimenta o comércio, para os músicos, por valorizar os nossos talentos, e é um resgate da tradição do bairro”, comemora “Peu”, como é conhecido.
O local foi palco de grandes carnavais em décadas passadas. Com o apoio da Prefeitura de Maceió, o resgate cultural é uma realidade. Por meio de edital, o Município destinou o total de R$ 140 mil para custeios de produção nos oito polos, além de fornecer a estrutura necessária para a realização do evento, como palco, som, iluminação e banheiros químicos.
A articulação do carnaval descentralizado foi feita por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac). O presidente, Vinícius Palmeira, destacou a importância do resgate cultural. “A Praça Moleque Namorador é um lugar tradicional, onde o carnaval se consolidou em Maceió. Nos anos 50 e 60, aqui fervia com as famílias fazendo o carnaval e hoje ainda são mantidas algumas características, como o momento em que todo mundo gira em torno da escultura do moleque namorador, o que mostra toda garra da tradição que ocupa esse espaço. E, claro, a gente, com a Caravana Cultural, vem prestigiar e mostrar como é diverso e forte o Carnaval da nossa cidade”, afirmou.

Fonte: Secom Maceió

Comentários

MAIS NO TH