Entretenimento

12 de dezembro de 2019 10:24

‘Éramos Seis’: Clotilde é humilhada após Natália flagrá-la com Almeida

Almeida deixará Clotilde completamente decepcionada nos próximos capítulos da novela 'Éramos Seis'.

↑ Foto: Globo

Clotilde (Simone Spoladore) vai perceber que não tem muita importância para Almeida (Ricardo Pereira) nos próximos capítulos da novela “Éramos Seis“. A irmã de Lola (Gloria Pires) vai ser humilhada pelo comerciante ao serem flagrados por Natália (Marcela Jacobina) se divertindo na loja de tecidos. Disposta a reconquistar o amor de mais de dez anos, Clotilde resolve levar uns doces caseiros para o amado no trabalho dele. Enquanto experimentavam em meio as risadas, a mulher chegará. As informações são do site “Notícias da TV”.

CLOTILDE LEVA QUITUTES CASEIROS PARA RECONQUISTAR ALMEIDA

“Julinho me disse que estaria aqui. E fiz questão de trazer essa provinha especial. Fatias douradas, lembra?”, diz Clotilde, chegando com uma caixa de doces. “O doce não deixa a dever ao de sua mãe. Esplêndido, tem mãos de fada”, comenta Almeida, deixando a ex-amante com um sorriso no rosto. “Argemiro, digo, Almeida… vou acabar acreditando”, responde ela, mais envergonhada ainda. Os dois ficarão conversando completamente bobos e apaixonados um pelo outro, já que não esqueceram a relação que tiveram no passado.

ALMEIDA E CLOTILDE SÃO SURPREENDIDOS COM A CHEGADA DE NATÁLIA

No meio da conversa, eles serão surpreendidos pela chegada de Natália aos berros. “Almeida! Mas posso saber o que significa isso? Quem é essa?”, esbravejará a esposa. Ela não tem a menor ideia de que Clotilde é a pessoa com quem Almeida teve um caso no passado. O vendedor pedirá para ela se acalmar, que não tem nada demais. “Contenha-se você! Quem é ela?” , insiste a dona de casa. Pressionado e com medo de ser descoberto, ele acaba dando uma bola fola ao definir quem é Clotilde.

ALMEIDA HUMILHA CLOTILDE AO DEFINI-LA COMO ‘SÓ UMA FREGUESA’

“Não é ninguém, é só uma freguesa”, desembucha ele, tentando se resolver com a esposa, mas deixando Clotilde, que aconselhará a irmã a vender doces para recomeçar, completamente humilhada e decepcionada. Arrasada por perceber que não significa nada para o amado, ela deixará a loja de tecidos se sentindo um verdadeiro lixo. “Volte sempre, madame!”, indaga o comerciante. “Volte, mas volte para comprar, não para se oferecer. Que papel! Dos dois. Desavergonhada”, gritará a mulher na beirada da loja, chamando atenção para a situação dos dois.

Fonte: Purepeople / Pyetra Santos

Comentários

MAIS NO TH