Entretenimento

21 de novembro de 2019 12:05

Veja os quatro finais possíveis de Josiane e Régis em ‘A Dona do Pedaço’

Golpe, assassinato, regeneração, traição... Tudo pode acontecer!

↑ Foto: Divulgação/TVGlobo

Faltando apenas dois dias para o fim de A Dona do Pedaço, o clima é de expectativa total nos bastidores sobre o desfecho de uma dupla que agitou intensamente a novela de Walcyr Carrasco: Jô (Agatha Moreira) e Régis (Reynaldo Gianecchini). Embora tudo esteja sendo feito em sigilo total, em cenas praticamente secretas, sabe-se que quatro são os finais possíveis para os dois.

Com a redução da pena da filha de Maria da Paz (Juliana Paes), a história vai avançar até o final de 2023, quando ela deixará o presídio por bom comportamento. Então, a garota se juntará ao ex-amante, que estará pregando o Evangelho. A partir daí, a trama vai caminhar para de quatro desfechos.

Régis é assassinado pela ex-amante

Para aqueles que acreditam que “pau que nasce torto, morre torto”, a conversão de Jô pela fé não passa de uma farsa. Afinal, a garota usou a Bíblia para ter benefícios na penitenciária, incluindo ficar livre da faxina. Dessa forma, ela poderá se aproveitar da conversão verdadeira de Régis para lhe dar um golpe. Ele vai se desfazer da loja de vinhos e passar a arrecadar dinheiro para projetos sociais da igreja. Ambiciosa, a filha de Maria da Paz poderia se apoderar da grana do antigo playboy, assassiná-lo e fugir. Nesse caso, o homem morreria atropelado ou empurrado do alto de um prédio. Alguém se lembrou de Jardel (Duio Botta) e Lucas (Kainan Ferraz)? Pois é…

Jô mata Régis e fica com Josiel

Uma variação do desfecho anterior envolve ainda Josiel (Mateus Solano), que terá um envolvimento com o final de Jô e Régis. O que não se sabe ainda é se para o bem ou para o mal. Seja como for, existe a possibilidade de ele – ligado a um grupo evangélico – se apaixonar pela garota e convencê-la a ser sua mulher. Assim, ela roubaria e mataria o ex-amante, e ficaria com esse personagem ainda misterioso.

A dupla enriquece explorando a fé

Outra possibilidade é que Jô e Régis – uma dupla que já provou ser especialista em dar golpes – passe a explorar a fé de inúmeras pessoas e arranque dinheiro delas, enriquecendo rapidamente. Nesse caso, os dois convenceriam homens e mulheres a contribuírem com dinheiro para que alcancem a salvação de Deus, sob a pena de terem suas vidas eternamente dificultadas caso não façam isso. Assim, os dois terminariam juntos e cada vez mais ricos.

Jô e Régis viajam praticando o bem

O final mais edificante, mas menos provável, seria a verdadeira transformação de Jô e Régis, que passariam a praticar o bem em viagens por diversos lugares do mundo. Os dois trabalhariam diretamente em projetos sociais, levando a palavra de Deus a lugares isolados no interior da África, por exemplo. Aqueles que pregam o “politicamente correto” certamente gostariam de algo assim, mas a própria Agatha Moreira já disse: prefere que Jô seja má até o fim. Mas como da cabeça de Walcyr Carrasco pode sair qualquer coisa e é ele que manda, tudo pode acontecer!

Fonte: Televisão/Metrópoles / Marcelo Nobre

Comentários

MAIS NO TH