Entretenimento

20 de novembro de 2019 10:03

Graciele Lacerda sobre abrir mão de bens de Zezé Di Camargo

Empresária falou que decisão de abrir mão dos bens partiu dela e que sertanejo mostrou contrato para os filhos

↑ Graciele Lacerda falou sobre a decisão de abrir mão da herança (Foto: Reprodução/Instagram)

Graciele Lacerda abriu mão dos bens de Zezé Di Camargo quando assinou um contrato de união estável com ele. Para Quem, a empresária contou que a decisão partiu dela, quando finalmente escolheu viver com ele em São Paulo. Ela sentia a necessidade de provar para os outros que não estava com o cantor pelo dinheiro.

“Na verdade, eu o Zezé temos uma vida de casados, mas não somos casamos ainda. Antes de morar com o Zezé, fui vindo devagar de Vitória (Espírito Santo) para São Paulo, porque era muito apegada a minha família. Quando decidi mesmo morar aqui e ficar de vez aqui, partiu de mim fazer um contrato com ele. Perguntei para ele se existia um documento para abrir mão de tudo e ele me disse que tinha como fazer isso em um contrato de união estável. O cartório veio em casa e a gente assinou esse documento. Eu assinei esse documento e abri mão de tudo. Estou morando com ele porque a gente queria e a gente se gosta, independente de qualquer coisa. Além disso, já estava com planos de trabalhar e viver do meu trabalho. Eu não tenho essa coisa de ganhar muito dinheiro. Quero ter o suficiente só. Sou tranquila”, explica ela, que ainda contou a reação do cantor, que mostrou o contrato para os filhos Wanessa, Camilla Camargo e Igor Camargo, do casamento anterior dele com Zilu Godoi.

MOSTRA CONTRATO PARA FILHOS

“O Zezé super apoiou. Ele achou muito legal. Ele até mostrou o contrato para os filhos para tirar qualquer tipo de dúvida. Querendo ou não, os filhos e outras pessoas, achavam que eu estava com ele por causa de dinheiro. Eu precisava provar na época que não era isso. Hoje não preciso mais, os três convivem comigo e já têm opinião formada a meu respeito e não preciso estar provando nada. Eles sabem minha índole. Na época, eu precisava e achei que me sentiria melhor assim.”

Graciele, que é formada em Educação Física e Jornalismo, ainda relembrou que teve que abrir mão de uma oportunidade de emprego como apresentadora por causa do relacionamento com Zezé.

“Tinha recebido uma proposta de trabalhar em programa de esportes, mas o Zezé acabou não deixando eu trabalhar na época porque a gente não ia conseguir se ver. Não ia dar certo e acabou que eu não consegui trabalhar”, relembra ela, que viveu por uma época com as economias que tinha guardado como professora de Educação Física e com o cachê que ganhou como Miss Vitória.

“Com esse dinheiro que ganhei como Miss, mais o salário como professora de academia, consegui comprar um carro, um Ford Ka, meu primeiro carrinho. Vendi o meu carro e fiquei um tempo com esse dinheiro, mas quando dava uma apertada, o Zezé ou os meus pais me ajudavam. Mas sempre fiz muita questão de me virar, nunca gostei de pedir. Era uma coisa que ele via muito.”

À frente do projeto Eduque Seu Peso e de uma linha de produtos para cuidado com o corpo, Graciele conta que hoje tem uma renda maior do que imaginou que poderia ter. “Hoje o que eu ganho é muito mais do que já imaginei para mim, mas é claro que muito menos que o Zezé ganha e de uma realidade que eu poderia estar vivendo. Mas o que eu ganho já suficiente para mim, para eu pagar minhas contas e ajudar a minha família. Fiquei um ano juntando dinheiro para comprar o meu carro”, conta ela que também vive dos trabalhos de influencer.

Fonte: Quem Acontece

Comentários

MAIS NO TH